Glossário - SisAP

De Base de Conhecimento
Revisão de 17h18min de 11 de junho de 2603 por Gjunior (discussão | contribs)
Ir para navegação Ir para pesquisar

A seguir, está disponibilizado o dicionário de palavras e expressões mais utilizadas no sistema, de forma a ajudá-lo a melhor entender cada etapa/parte dosistema.

 

<tbody> </tbody>

Alienação 

Operação de transferência do direito de propriedade do material, mediante venda, permuta ou doação.

Antieconômico

Quando sua manutenção for onerosa, ou seu rendimento precário, em virtude de uso prolongado, desgaste prematuro ou obsoletismo.

Bem Móvel

É aquele que, em razão de suas características, são suscetíveis de movimentação sem a alteração de sua substância.

 Bens Ociosos 

Quando o bem, embora em perfeitas condições de uso, não estiver sendo aproveitado. Este bem poderá ser oferecido a outro setor da universidade que manifeste interesse em recebê-lo ou alienado na forma da legislação em vigor. 

   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Condição do bem – É o estado em que o bem se encontra no momento atual. Esse estado pode ser: em uso, ocioso, recuperável, inservível/antieconômico e outros.

Conta SIAFI – esta numeração se refere ao sub-elemento da natureza de despesa 449052 (Equipamentos e Material Permanente), em consonância com o detalhamentocontido no anexo IV da Portaria STN n° 448, de 13/09/2002.

Data Contábil – a data de emissão do documento fiscal e a partir da qual o bem passa a ser depreciado. (No sistema, a data contábil é referenciada pela “data de emissão do documento de ingresso”).

Financiadores – são pessoas físicas ou jurídicas que viabilizam a compra de equipamentos para utilização acadêmica na universidade. A natureza das operações pode ser um comodato ou uma doação à UFF.

Forma de ingresso (de um bem) – indica a procedência de determinado bem (comprada UFF, comodato, doação, etc).

Fornecedores – são pessoas físicas ou jurídicas das quais os equipamentos que ingressam na UFF são adquiridos.

Bem Irrecuperável - quando não mais puder ser utilizado para o fim a que se destina devido a perda de suas características ou em razão da inviabilidade econômica de sua recuperação.

Movimentação (de um bem móvel) – Acontece com a entrada de um novo bem na Instituição ou da transferência de um bem de uma localização física para outra.

Nota de Empenho – é o documento emitido pelo SIAFI que representa a reserva orçamentária da instituição para a compra de bens de um determinado fornecedor.

Nota de Transferência – Nota utilizada para solicitação de transferência de um bem móvel de uma localização para outra dentro da Universidade.

Transferência Interna - modalidade de movimentação de material, com troca de responsabilidade, de uma unidade organizacional para outra, dentro do mesmo órgão ou entidade.

Número do Processo de Alienação – é o número do processo administrativo UFF autuado para fins de desfazimento de bens inservíveis.

Número do Processo Financiador UFF – é o número do processo que deu origem à compra dos equipamentos no órgão de fomento (FAPERJ, CNPQ, CAPES, etc).

Bem Recuperável - quando sua recuperação for possível e orçar, no âmbito, a cinqüenta por cento de seu valor de mercado.

SIAFI - Sistema Integrado de Administração Financeira – é uma ferramenta desenvolvida pelo SERPRO que permite o acompanhamento da execução orçamentária, financeira e patrimonial dos recursos da União.

SIORG: Sistema de Organograma da UFF – é um sistema que permite a consulta de siglas e descrição dos setores na UFF.

Termo de Responsabilidade ou TR – é o documento emitido pela CAP/UNI no qual são arrolados os bens que estão sob a responsabilidade de determinado servidor, conforme preceitua o art. 70 da Constituição Federal. Este deverá ser assinado pelo respectivo responsável e devolvido à CAP/UNI para a inclusão da devida carga patrimonial no SISAP.

Tipo de documento – define o documento hábil para o ingresso de bens na UFF, podendo ser nota fiscal, fatura, invoice e outros.

Tombamento – é a numeração indicativa do patrimônio do bem.

Valor Contábil Líquido – é o valor de ingresso do bem subtraído de sua depreciação acumulada.

Valor Residual (de um bem) – é o valor do bem, já descontada toda a depreciação incidente sobre o mesmo, pelo qual se espera aliená-lo quando do término de sua vidaútil econômica.

Vida Útil (de um bem) – é o tempo de duração de determinado equipamento.

Vida útil econômica de um bem: é o tempo pelo qual um dado bem será depreciado.

IDUFF (Identificação UFF): é a identificação pessoal dentro do portal de desenvolvimento de sistemas da Universidade Federal Fluminense. Cada membro vinculado a universidade poderá ser cadastrado no IDUFF sendo o login seu CPF ou documento de passaporte (caso seja uma pessoa que não possua documento de identidade brasileiro). Para maiores informações sobre o IDUFF acesse o link: https://app.uff.br/

 

 

<a style="font-family: "trebuchet ms", geneva; font-size: medium;" href="https://app.uff.br/ajuda/index.php/SisAP">Página principal do sistema</a>