Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10038
Title: Estrutura da indústria e demanda por automóveis de 1000 cilindradas no Brasil: um estudo sobre o bem estar social para o período de 2005 a 2010
Authors: Irazu, Gabriel de Arruda
metadata.dc.contributor.advisor: Profeta, Graciela Aparecida
metadata.dc.contributor.members: Profeta, Graciela Aparecida
Arêdes, Alan Figueiredo de
Marins, Cristiano Souza
Issue Date: 2015
Abstract: A indústria automobilística desempenha um papel crucial na dinâmica econômica, não só brasileira, como também mundial devido ao seu alto valor agregado e considerando os aspectos tecnológicos, gerando desenvolvimento e qualificação do setor industrial para o país. Com isso o setor atrai atenção de políticas governamentais para que haja incentivo ao crescimento da produção. A formação da indústria automobilística brasileira, no que tange ao incentivo governamental às indústrias estrangeiras no mercado interno se mostrou eficiente quanto a produção, porém com relação ao bem estar do consumidor tais incentivos não foram tão bem sucedidos. Com isso o objetivo deste estudo foi verificar a relação entre a estrutura da indústria automobilística brasileira e o bem estar social proporcionado pela mesma, com a utilização de abordagem econométrica e uso do índice de bem estar –DWL. Para dar sustentação teórica às discussões e análises propostas no trabalho, utilizou-se com referencial teórico o modelo Estrutura - Conduta - Desempenho (ECD), bem como a conceituação do índice de bem estar social – DWL e os determinantes da demanda por automóveis no Brasil.Portanto, a partir das estimativas econométricas, os resultados obtidos na pesquisa confirmaram que a demanda por automóveis de 1000 cilindradas no Brasil apresentou-se elástica ao preço no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2010 e isto estava diretamente relacionado ao aumento de concentração de mercado, o que gera perdas de bem estar social.
metadata.dc.description.abstractother: The automotive industry plays a crucial role in economic dynamics, not only Brazil but also worldwide because of its high added value and considering the technological aspects, generating development and qualification of the industrial sector for the country. Thus the sector attracts attention of government policies so that there is encouraging the growth of production. The formation of the Brazilian automotive industry, with respect to government incentives to foreign industries in the domestic market was efficient as the production, but with respect to consumer welfare such incentives were not as successful. Thus the aim of this study was to investigate the relationship between the structure of the Brazilian automotive industry and the social welfare provided by the same, with the use of econometric approach and use of the well-being index - DWL. To give theoretical support to discussions and analyzes proposed in the work, It was used with the theoretical framework structure model - Conduct Performance (SCP) as well as the concept of social well-being index - DWL and the determinants of demand for automobiles in Brazil Therefore, From the econometric estimates, the results obtained in the research confirmed that the demand for cars 1000 cc in Brazil has become elastic to price from January 2005 to December 2010 and this was directly related to increased market concentration, which generates losses of welfare.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10038
Appears in Collections:GCE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriel de Arruda Irazu (2015), Estrutura da indústria e demanda por automóveis de 1000 cilindradas no Brasil.pdfGabriel de Arruda Irazu (2015), Estrutura da indústria e demanda por automóveis de 1000 cilindradas no Brasil590.17 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.