Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10045
Title: Caracterização físico-química e avaliação in vitro de hidroxiapatitas substituídas com 5% e 1% de metais
Authors: Lima, Ingrid Russoni
metadata.dc.contributor.advisor: Granjeiro, José Mauro
metadata.dc.contributor.advisorco: Rossi, Alexandre Malta
metadata.dc.contributor.members: Rossi, Alexandre Malta
Tude, Elena Mavropoulos Oliveira
Balduíno, Alex
Macedo, Heloísa Werneck de
Amorim, Lídia Maria da Fonte de
Issue Date: 2009
Citation: LIMA, Ingrid Russoni. Caracterização físico-química e avaliação in vitro de hidroxiapatitas substituídas com 5% e 1% de metais. 2009. 128 f. Tese (Doutorado em Patologia) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2009.
Abstract: Este trabalho tem como objetivo principal avaliar as propriedades físico-químicas e a citotoxicidade de hidroxiapatitas modificadas pela incorporação de diferentes metais. Foram produzidas pela via úmida pós não sinterizados de hidroxiapatita (HA) e apatita contendo 5% de Pb, Sr, V, Co, Zn, Fe, Cu, Mg e esferas de HA e apatita com 1% de Pb, Sr, Co, Zn, Fe, Cu, Mg. Estes foram caracterizados por Difração de Raios X (DRX), Espectroscopia do Infra-vermelho por transformada de Fourier (FTIR), Absorção atômica (AA), ICP, Dissolução em DMEM e Microscopia eletrônica de varredura (MEV). Extratos da HA e das apatitas modificadas com 1 e 5% de metal foram obtidos de acordo com a norma ISO 10993 5-12. A citotoxicidade das apatitas modificadas com 5% de metal foi determinada em função da quantificação do número de células, enquanto os das metalopatitas modificadas com 1% de metal foi realizada utilizando um kit para determinação da redução do XTT e incorporação de vermelho neutro e cristal violeta. Para avaliar a adesão de 4 e 24 horas de osteoblastos, foram usadas pastilhas (14 x 1mm de espessura) para avaliar a relação célula-biomateriais, assim as células aderidas foram quantificadas em câmara de Neubauer; pastilhas submetidas ao mesmo tratamento foram processadas para microscopia eletrônica de varredura. A taxa de células em apoptose foi determinada usando kit de anexina V para as esferas de apatita modificadas com 1% de metal. As apatitas produzidas não apresentaram outras fases e mostraram-se cristalinas. CuHA, CoHA, MgHA e SrHA5% apresentaram evidente solubilização em DMEM da mesma maneira que CuHA, CoHA, MgHA, ZnHA, PbHA e SrHA1%. Os discos de apatita não sinterizadas mostraram menor rugosidade que os de apatita contendo alginato e sinterizadas. Nas apatitas contendo 5% dos elementos Sr, V, Co e Fe não houve espraiamento mesmo após 24h; nas apatitas 1% não se observou espraiamento celular mesmo após 24 horas. Em relação ao mecanismo de morte celular por apoptose foi possível avaliar que CuHA1% e ZnHA1% foram as que apresentaram menor percentagem de apoptose em oposição à CoHA1% e MgHA1%. Podemos concluir que é possível obter as apatitas modificadas com metais a 5 e 1% cristalinas e livres de outras fases, mas a concentração real dos metais presentes não corresponde ao teoricamente proposto. A substituição das apatitas por metais modifica a toxicidade da hidroxiapatita e sua biocompatibilidade.
metadata.dc.description.abstractother: This work intended to evaluate the physical-chemical properties and in vitro of apatites modified by the incorporation of different metals. They were produced by the wet via and powders not sinterized of hydroxyapatite (HA) and apatite containing 5% of Pb, Sr, V, Co, Zn, Fe, Cu, Mg and spheres of HA and apatite with 1% of Pb, Sr, Co, Zn, Fe, Cu, Mg, were characterized by X Rays diffraction, Fourier Transformed Infrared Fluorescence, atomic absorption, ICP, dissolution in DMEM and scanning electron microscopy (SEM). Extracts of the HA and of the apatites modified with 1 and 5% of metal were obtained according to the ISO 10993 5-12. To cytotoxicity of the apatites modified with 5% of metal was determined in function of the cells number, while the cytotoxicity of metal apatites modified with 1% of metal was carried out utilizing a kit for determination of the reduction of the XTT and incorporation of neutral red and crystal violet. Discs (14 x 1mm of thickness) were utilized for evaluate the relation cell-biomaterials and, after 4 and 24 of the osteoblasts seeding the adhered cells were quantified in Neubauer’s chamber; discs containing cells were submitted to SEM. The rate of cells in apoptosis was determined by anexine V kit for the spheres of apatite modified with 1% of metal. The apatites produced did not presented other phase and showed itself crystalline. CuHA, CoHA, MgHA and SrHA5% presented evident dissolution in DMEM; CuHA, CoHA, MgHA, ZnHA, PbHA and SrHA1% also showed dissolution in DMEM. The disks of apatite not sinterized showed minor roughness than the sinterized apatite containing alginate. Sr, V, Co and FeHA 5% showed no spreading even after 24h after seeding; onto 1% apatites disks the same was observed after 24 hours. Regarding the mechanism of cellular death by apoptose was possible to evaluate that CuHA1% and ZnHA1% presented minor percentage of apoptotic cells in opposition to the Co and MgHA1%. In conclusion it was possible to obtain the crystalline and free of other phases metal modified apatites up to 1 and 5%, but the real concentration of the present metals does not correspond upon theoretically proposing. The substitution of the apatites by metals modifies its toxicity in vitro
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10045
Appears in Collections:PPGPatol - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
INGRID RUSSONI DE LIMA TESE.pdf4.87 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons