Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10177
Title: Cotidiano, imaginário e o discurso da ciência na série de TV Cosmos
Authors: Campos, Alexandre Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Denise Tavares da
metadata.dc.contributor.members: Ribeiro, Renata de Rezende
Siqueira, Denise da Costa Oliveira
Issue Date: 2019
Abstract: Esta dissertação foca nas duas temporadas da série Cosmos (1980; 2014), tendo como objetivo central analisar suas estratégias narrativas e de linguagem na perspectiva de discutir como estas buscam promover a racionalidade científicae, concomitantemente, divulgar a ciência e sua importância para a compreensão do mundo em que vivemos e para além dele, ou seja, o próprio universo.Para tanto, a pesquisa vale-se, principalmente, de autores como Agnes Heller, Mikhail Bakhtin, Michel Maffesoli, Juremir Machado, Marcelo Gleiser e Benvenido León, pois seu percurso metodológico problematiza questões relacionadas ao cotidiano, aos dialogismos e gêneros discursivos, ao imaginário e, também,à construção narrativa do audiovisual de não-ficção de temática científica. Interessa, em especial, os modos como a série busca “atingir o imaginário” social, articulando em seu discurso narrativo dísticos como ciência e crença e/ou razão e emoção, construindo, paradoxalmente, uma visão poética e espiritualista do empreendimento científico. Destaca-se, também, que a dissertação tem em seu horizonte abordar a relação do audiovisual com a popularização da ciência.
metadata.dc.description.abstractother: This dissertation focuses on the series Cosmos (1980; 2014) and aims to analyse the narrative and the language seeking to discuss the scientific rationality, promote the science and explain how important it is to understand the world that we live and the universe. This research uses as a base the work of authors as Agnes Heller, Mikhail Bakhtin, Michel Maffesoli, Juremir Machado, Marcelo Gleiser and Benvenido León, which his methodological route approach daily questions, dialogism and discursive genre to the construction of the audiovisual narrative in the non-fiction science-themed. This dissertation also approach how the series Cosmos aims to reach the social imaginary using paradoxical concepts as science and belief and reason and emotion, building a poetic and spiritualistic vision of the science. The research focuses on the relation between audiovisual and the dissemination of science.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10177
Appears in Collections:PPGMC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
alexandre campos - dissertação versão finalissima.pdf4.59 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons