Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10205
Title: A representação do conhecimento em espaços multidimensionais: uma investigação de princípios teóricos a partir de autores fundacionais da organização do conhecimento
Authors: Moraes, Rosana Portugal Tavares de
metadata.dc.contributor.advisor: Campos, Maria Luiza de Almeida
Issue Date: 2018
Citation: Moraes, Rosana Portugal Tavares de. A representação do conhecimento em espaços multidimensionais: uma investigação de princípios teóricos a partir de Autores Fundacionais da Organização do Conhecimento/Rosana Portugal Tavares de Moraes – 2018. 282f.: il. Tese (Doutorado) – Universidade Federal Fluminense, Departamento de Ciência da Informação.
Abstract: A problemática da Organização do Conhecimento Multidimensional evidencia os desafios enfrentados pelos profissionais da informação no trabalho de estruturar semanticamente domínios do conhecimento heterogêneos, tanto relacionados ao aspecto do conteúdo discursivo quanto ao do formato e suporte das informações. Fundamentado em autores da área da educação e da Organização do Conhecimento (OC), adotou-se o termo Multidimensional para adjetivar o conhecimento multi-inter-transdisciplinar atuante em diversas ações comunicativas na sociedade contemporânea. Esse conhecimento, em sua perspectiva complexa, requer habilidades dos classificacionistas que envolvem: os estudos sobre a natureza do conhecimento e o entendimento dos princípios teóricos basilares à elaboração de Sistemas de Organização do Conhecimento (SOCs), de modo a salientar aspectos diferenciados relacionados aos objetos/fenômenos estudados. Foram identificados, principalmente nos estudos de Rick Szostak, Claudio Gnoli e María López-Huertas, requisitos, tomados nesta pesquisa como Categorias de Análise, importantes a este tipo de tratamento informacional: a Classificação Abrangente de Fenômenos, a Classificação Abrangente de Relacionamentos, a Classificação Abrangente de Teorias e a de Métodos e Técnicas, a Abordagem Sintética da Classificação, a Classificação da Perspectiva Autoral e a Clareza Terminológica. Assim, propôs-se analisar as teorias que quatro Autores Fundacionais utilizaram em suas propostas classificatórias, buscando identificar aspectos que sinalizassem a problemática da Organização do Conhecimento Multidimensional, como apresentado nas abordagens contemporâneas. São eles: James Duff Brown (1862-1914); Ernest Cushing Richardson (1860-1939); Henry Evelyn Bliss (1870-1955) e Shiyali Ramamrita Ranganathan (1892-1972). O problema ou questão a influenciar todo o processo de pesquisa foi verificar em que medida aportes teóricos apresentados por Autores Fundacionais da OC atendem ou encontram correspondência com as abordagens problematizadas nas pesquisas mais recentes da área, relacionadas à construção de SOCs para representação do conhecimento multidimensional. Trabalhou-se com a hipótese de que as teorias dos Autores Fundacionais, envolvidos com a representação geral do conhecimento, podem ser úteis, sugestivas ou precursoras de ideias que poderiam se mostrar válidas para a representação do conhecimento multidimensional e em muito auxiliar na formação de classificacionistas. Quanto aos procedimentos metodológicos, esta pesquisa enquadra-se no tipo de tese panorâmica; quanto aos objetivos, caracteriza-se como descritiva e explicativa, com abordagem qualitativa; e utiliza como técnica de análise e interpretação dos dados a Análise de Conteúdo. Espera-se contribuir com discussões que promovam uma interlocução entre as teorias clássicas da área com as abordagens voltadas para questões mais atuais. A sistematização de princípios teóricos dos Autores Fundacionais, observados sob a ótica da representação do conhecimento multidimensional, ainda que distantes temporalmente, mostraram-se válidas e aplicáveis, em alguma medida, às práticas de tratamento informacional vigente.
metadata.dc.description.abstractother: The issue of Multidimensional Knowledge Organization reveals the challenges faced by information professionals in the job of semantically managing heterogeneous knowledge domains, not only related to the discursive content aspect but also to the format and support of information. Based on authors in the education and Knowledge Information (KO) areas, the term multidimensional has been adopted to qualify the multi-inter-transdisciplinary knowledge found in several communicative actions in contemporary society. Such knowledge, from its complex perspective, demands ability from classificationists concerning studies on the nature of knowledge and the understanding of fundamental theoretical principles as to the elaboration of Knowledge Organization Systems (KOS), highlighting diverse aspects related to objects/phenomena studied. Such requisites were identified, mainly in the works of Rick Szostak, Claudio Gnoli, and María López-Huertas, which were taken in this research as Analysis Categories, important in this kind of informational treatment: Comprehensive Classification of Phenomena, Comprehensive Classification of Relationships, Comprehensive Classification of Theory Types, Comprehensive Classification of Methods and Techniques, Synthetic Approach to Classification, Classifying Authorial Perspective, and Clarifying Terminology. Thus, an analysis of the theories used by four Foundational Authors in their classifying proposals was performed, aiming at identifying aspects which indicated the issue of Multidimensional Knowledge Organization, as presented in contemporary approaches. The aforementioned are James Duff Brown (1862-1914); Ernest Cushing Richardson (1860-1939); Henry Evelyn Bliss (1870-1955); and Shiyali Ramamrita Ranganathan (1892-1972).The question that influenced all the process was to verify what level the theoretical approaches presented by foundational authors in KO answer or find equivalence in the problematized approaches in most recent research in the area, concerning the construction of KOS for multidimensional knowledge representation. Work was with the hypothesis that theories of Foundational Authors involved with the knowledge general representation can be useful, suggestive or an idea precursor, that could prove itself valuable for the multidimensional knowledge representation and supporting training of classificacionists. As to methodologic procedures, this research lies in the panoramic thesis category; as to objectives, it is characterized as descriptive and explanatory, with a qualitative approach. It uses content analysis as analysis technique and data interpretation. It is expected to contribute to discussions which promote the interlocution between classical theories in the area and the approaches aimed at more current matters. The systematization of the theoretical principles of foundational authors, observed under the eyes of the multidimensional knowledge representation, even though distant in time, proved to be not only valid but applicable as well, somehow, to the current informational treatment procedures.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10205
Appears in Collections:PPGCI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Rosana Portugal Tavares de Moraes .pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.