Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10242
Title: O Livre acesso à informação científica em doenças negligenciadas: um estudo exploratório
Authors: Noronha, Ilma Maria Horsth
metadata.dc.contributor.advisor: Jardim, José Maria
metadata.dc.contributor.advisorco: Gomes, Sandra Lúcia Rebel
Issue Date: 2011
Abstract: O presente trabalho discute o acesso à informação científica em doenças negligenciadas no âmbito da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na perspectiva do Movimento do Acesso Livre. Apesar de serem responsáveis por quase a metade da carga de doenças dos países em desenvolvimento, os investimentos em pesquisa em doenças negligencias são, reconhecidamente, limitados e aquém do que seria necessário para a produção das inovações necessárias e urgentes no campo da saúde publica. O livre fluxo da informação cientifica apresenta-se como imperativo para alimentar a pesquisa e inovação na área. Para orientar tal discussão, aborda-se o papel central da comunicação na ciência, o seu compromisso social e as recentes transformações no setor das publicações cientificas que apontam, entre outros aspectos, para a invisibilidade da produção científica dos países em desenvolvimento no cenário internacional. O movimento de resistência a esse cenário tem seu marco principal na chamada Reunião de Budapeste, em 2002. Da teoria ao campo empírico, o desafio que se colocou para a pesquisa foi conhecer quais seriam os obstáculos e os aspectos favoráveis ao desenvolvimento de uma política de acesso livre à informação científica em doenças negligenciadas no âmbito da Fiocruz. Buscou-se identificar, em caráter exploratório, indicações presentes na literatura e na realidade empírica alvo desta pesquisa, que pudessem apoiar e mesmo sustentar as linhas definidoras de uma política pública de acesso livre à informação científica na saúde. Os resultados confirmam o potencial do acesso livre, ao mesmo tempo em que apontam para a importância de um grande movimento de conscientização e reflexão critica sobre o tema, que oriente e contribua para a proposição de uma política pública de acesso livre à informação científica no campo da saúde.
metadata.dc.description.abstractother: This paper discusses the access to scientific information on neglected diseases in the Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Brazil, in the light of the Open Access Movement. Although they account for nearly half of the disease burden in developing countries, neglected diseases research investments are admittedly bound and below of what are expected to lead to the necessary and urgent innovations in the public health sector. The free flow of scientific information is considered fundamental to burst health innovation. To guide this discussion, the theoretical framework goes back to pivotal role of communication in science, its social function and the recent changes in the sector of scientific publications that cause major changes in the way of publishing research results. The invisibility of scientific production from the developing countries is one of the main consequences, and the open access to scientific literature is a prime alternative. In order to discuss this issue in brazilian context, this dissertation asks key-actors of the Fiocruz which would be the major incentives and hindrances to the open access to scientific information. The results confirm the great potential of the movement of open access: authors’ attitudes to the open access movement are generally positive although some of them declare to know just `a little’ about this development. This is clearly calls for raising awareness of these issues in order to guide and contribute to the proposition of a public policy of open access to scientific information on health sciences
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10242
Appears in Collections:PPGCI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Ilma_Noronha.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.