Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10297
Title: Olhares, xingamentos e agressões físicas: a presença e a (in)visibilidade de conflitos referentes às relações de gênero em escolas públicas do Rio de Janeiro
Authors: Miranda, Ana Paula Mendes de
Maia, Bóris
Issue Date: 2017
Citation: MIRANDA, Ana Paula Mendes de; MAIA, Bóris. Olhares, xingamentos e agressões físicas: a presença e a (in)visibilidade de conflitos referentes às relações de gênero em escolas públicas do Rio de Janeiro. Horiz. antropol., Porto Alegre , v. 23, n. 49, p. 177-202, set. 2017 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832017000300177&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 24 maio 2019. http://dx.doi.org/10.1590/s0104-71832017000300007.
metadata.dc.relation.ispartof: Horizontes antropológicos., Porto Alegre , v. 23, n. 49, p. 177-202, set. 2017
Abstract: Tomando por objeto confl itos referentes às relações de gênero ocorridos em escolas públicas do estado do Rio de Janeiro, pretende-se contrastar a visibilidade da temática das relações de gênero na esfera pública com a invisibilidade que tal temática adquire no cotidiano das escolas públicas. Observa-se que os conflitos que ocorrem na escola são classificados como “problemas de disciplina”, sendo muitas vezes associados a práticas de discriminação de gênero, que se manifestam como parte constitutiva das sociabilidades escolares. A partir da descrição de dois casos de conflitos de gênero, busca-se mostrar os agentes envolvidos, os discursos mobilizados e a forma institucional pela qual foram administrados pela equipe técnico-pedagógica da escola. Os dados apresentados derivam de uma pesquisa realizada em diferentes escolas públicas do estado do Rio de Janeiro, nas quais as atividades escolares foram acompanhadas a partir de trabalho de campo e observação participante
metadata.dc.description.abstractother: Focused on confl icts related to gender relations that occur at public schools in the state of Rio de Janeiro, this paper aims to contrast the visibility of gender relations in the public sphere with the invisibility that this issue gets in schools routine. Several confl icts that occur at schools and are classifi ed as “discipline problems” are often associated with sexual discrimination practices that manifest themselves as a constituent part of the school sociability. Based on the description of cases of gender conflicts, it seeks to show the agents involved, the discourses mobilized and the institutional forms in which they were managed by the school`s staff. The data presented are derived from a research conducted in different public schools in the state of Rio de Janeiro, in which school activities were accompanied from fi eldwork and participant observation
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10297
Appears in Collections:NEPEAC - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
0104-7183-ha-23-49-00177.pdf87.46 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons