Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10337
Title: Referenciação em fóruns educacionais em EAD: a interface entre oralidade e escrita
Authors: Simas, Fábio Macedo
metadata.dc.contributor.advisor: Vereza, Solange Coelho
metadata.dc.contributor.members: Hemais, Bárbara Jane Wilcox
Abreu, Maria Teresa Tedesco Vilardo
Rosário, Ivo da Costa do
Menezes, Vanda Maria Cardoso de
Dias, Nilza Barrozo
Nóbrega, Adriana Nogueira Accioly
Issue Date: 2015
Abstract: A presente pesquisa surge de questionamentos a respeito da formação de novos gêneros textuais, a partir dos atuais suportes digitais, via internet. Em particular, chamou nossa atenção a construção dos referentes em fóruns de discussão educacionais em Educação a Distância (EAD), bem como sua formação como gênero textual potencialmente híbrido. Para explorar essas questões, verificamos, por meio do levantamento de cadeias referenciais/estratégias referenciais de cinco fóruns de discussão educacionais e de cinco edições de um programa de televisão, a hipótese de que haveria um hibridismo entre as modalidades oralidade/escrita nos fóruns de discussão em tela. Tal hipótese parte do pressuposto de que esse gênero se constrói na escrita, porém trazendo claras heranças de sua origem oral: os fóruns. O foco específico da análise, o estudo das cadeias referenciais nos fóruns de discussão, justifica-se pela tentativa de verificar o possível papel das estratégias na configuração desse hibridismo. A investigação foi conduzida com base em um quadro de estratégias referenciais, proposto em Simas (2009) e refinado, em suas unidades analíticas, para esta tese. O arcabouço teórico- metodológico deste estudo apoia-se em dois eixos: o primeiro formado pelos construtos teóricos da Teoria da Referenciação (cf. RONCARATI 2010; RONCARATI; NEVES DA SILVA, 2006; NEVES DA SILVA 2002, 2007; KOCH 2002, 2004, 2006), oriunda da chamada Linguística Textual ou Linguística do Texto e o segundo pela Teoria dos Gêneros (cf. MARCUSCHI, 2005, 2010; HEMAIS; BIASI-RODRIGUES, 2005; BAHKTIN, 1979; BRONCKART 1999; SWALES, 1990, 1998, 2004). Os resultados atestaram que, tanto nos Fóruns como nas edições do programa televisivo aqui verificadas, as estratégias de referenciação mais comuns são a pronominalização com ou sem dêixis textual, a elipse e mecanismos implícitos de retomada, tais como metáfora, metonímia, meronímia e a anáfora associativa. Isso corrobora nossa hipótese acerca do hibridismo dos fóruns e de sua possível herança na modalidade oral, no que concerne à referenciação. Sendo assim, o presente estudo contribui para a compreensão da natureza híbrida e dinâmica dos gêneros digitais, cada vez mais presentes nas práticas discursivas cotidianas.
metadata.dc.description.abstractother: The present research arises from questions concerning the formation of genres at new digital on-line supports from the internet. Particularly, the construction of referents in on-line discussion educational foruns on distance education (EAD, in this work) has called our attention as a potentially hybrid genre (spoken / written). In order to explore these issues, we have investigated the referential stratagies used in five discussion educational foruns and five editions of a TV show and verified the hypothesis that there might be a hybridism of spoken and written modalities in the EAD foruns. This hypothesis arises from the presupposition that, altough this genre is realized in the written modality, it brings clear characteristics from its oral origins: the classical foruns. The specific focus of the analysis, which is the study of the referential chains in the on- line discussion educational foruns, is motivated by the observation of a possible role of these stratagies in the configuration of the hybridism. The analysis was carried out on the basis of a chart of referential strategies, which had been proposed in Simas (2009), and refined for the present research . The theoretical framework of this study is twofold: the main concepts of Referential Theory (cf. RONCARATI, 2010; RONCARATI; NEVES DA SILVA, 2006; NEVES DA SILVA, 2002, 2007; KOCH 2002, 2004, 2006), which emerge from Textual Linguistics, and Genre Theory (cf. MARCUSCHI 2005, 2010; HEMAIS; BIASI_RODRIGUES, 2005; BAHKTIN, 1979; BRONCKART, 1999; SWALES, 1990, 1998, 2004). The results have demonstrated that the foruns and the TV show have the same most frequent referential stratagies, such as pronouns, with or without deixis; ellipsis and implicit mecanisms such as metaphors, metonymy, meronymy and associative anaphor. These results seem to corroborate our hypothesis concerning the hybridism of digital genres, which are increasingly present in our daily discourse practices.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10337
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese final para Biblioteca em 08 04 2015.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons