Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10374
Title: Ocorrência, intensidade e controle da dor em ortodontia: uma revisão sistemática
Authors: Savelli, Marcella Baitelli Bruno
metadata.dc.contributor.advisor: Mucha, José Nelson
metadata.dc.contributor.advisorco: Saramago, Adriana de Alcantara Cury
Issue Date: 2011
Abstract: Introdução: Os tratamentos ortodônticos apresentam muitos desafios, e a dor constitui-se em um dos principais fatores de desestímulo e diminuição da colaboração por parte dos pacientes. Objetivo: Determinar, por meio de uma revisão sistemática de RCTs, o momento de maior intensidade da dor após procedimentos ortodônticos, qual procedimento estudado causou maior desconforto, os métodos mais utilizados para controle da dor e, qual o mais eficaz. Material e Método: Busca eletrônica na Cochrane Library, MEDLINE e LILACS. De um total de 1.804 referências foram selecionados 46 estudos. Considerando-se os critérios de inclusão e exclusão, permaneceram 21 estudos, e após a avaliação da qualidade metodológica restaram 13 estudos. Resultado: De 9 dos 13 estudos o pico da dor ocorreu em 24 horas; as médias das EVAs de estudos que utilizaram elástico de separação ou alinhamento e nivelamento em grupos controle, foram muito semelhantes; e os métodos mais utilizados foram a administração do Paracetamol e do Ibuprofeno; comparando-se os métodos de controle da dor observou-se, de acordo com o Teste de Pearson, que entre o uso do Paracetamol, Ibuprofeno, LLLT e Telefonema, a diferença média em cada momento foi de apenas 0,27 na EVA. Conclusão: O pico da dor decorrente ao procedimento ortodôntico ocorre 24 horas após; elásticos de separação e os primeiros arcos para alinhamento e nivelamento causam sensações dolorosas semelhantes; o uso de medicamentos foi o método para controle da dor mais utilizado (Paracetamol e Ibuprofeno); e nenhuma intervenção foi mais eficaz que as outras.
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The orthodontic treatment presents many challenges as the pain is a major factor discouraging patients’ cooperation. Objective: Through a systematic review of RCTs determine the moment of greatest pain intensity after orthodontic procedures, which of them cause greater discomfort, the methods most used for pain control as well as the most effective. Methods: Electronic search on Cochrane Library, MEDLINE and LILACS and selection of 46 references from a total of 1.804. Considering the inclusion and exclusion criteria, 21 studies remained, and after an assessment of methodological quality remaining 13. Results: According to 9 studies the pain peak occurred in 24 hours, the pain mean VAS using separator placement was very similar to the one using archwire, the methods most used were Acetaminophen and Ibuprofen; by the comparison of the pain control methods (Acetaminophen, Ibuprofen, LLLT and Telephone Call) with Pearson Test it was noticed that the average difference at each time was just 0.27 in the AVS. Conclusion: The pain peak after orthodontic procedure is 24 hours later, the separator placement and archwire cause similar pain sensations, medications (Acetaminophen and Ibuprofen) were the methods most commonly used for pain control and no intervention was more effective than the others.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10374
Appears in Collections:PPGO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Marcella Savelli.pdf784.7 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons