Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10378
Title: Diretrizes para formulação de políticas mandatórias para consolidação dos repositórios institucionais brasileiros
Authors: Nunes, Renato Reis
metadata.dc.contributor.advisor: Marcondes, Carlos Henrique
metadata.dc.contributor.advisorco: Weitzel, Simone da Rocha
Issue Date: 2012
Abstract: A filosofia de acesso livre ao conhecimento científico surgiu da necessidade dos pesquisadores em ampliar o acesso e, conseqüentemente, a visibilidade aos resultados de suas pesquisas maximizando, em última instância, o desenvolvimento da ciência. O mote do movimento mundial em favor do Acesso Livre aos resultados de pesquisa é, portanto, a disseminação ampla e irrestrita dos resultados de pesquisas, principalmente as financiadas com recursos públicos. Os repositórios institucionais são uma das ferramentas que se mostram como alternativa para a comunicação da ciência livre de barreiras de acesso. Porém, para a ampla consolidação dos Repositórios Institucionais, faz-se necessário a implementação de políticas mandatórias que apoiem o auto-arquivamento das publicações científicas por parte dos pesquisadores. Busca-se estudar, através de análise comparativa, experiências consolidadas de Repositórios Institucionais que possuam políticas de depósito. A análise, realizada em três experiências de Repositórios Institucionais de nível internacional, foi ancorada, principalmente, em critérios de citação na literatura da área e dados estatísticos. Como resultado da pesquisa, pretende-se propor diretrizes necessárias para construção de uma política de depósito para Repositórios Institucionais Brasileiros.
metadata.dc.description.abstractother: The Open Access philosophy to scientific knowledge appeared of the necessity of the researchers in extending the access and, consequently, the visibility to the results of his research maximizing, in last instance, the development of science. The goal of the world-wide movement for Open Access is, therefore, the ample and unrestricted dissemination of the results of research, especially those financed with public funds. Institutional Repositories are one of the tools that are shown as an alternative to science communication barrier free access. However, for wide consolidation of Institutional Repositories, is necessary to implement policies that support the mandatory self-archiving of scientific publications by researchers. The aim is then to study, through comparative analysis, consolidated experiences of Institutional Repositories that have mandatory policies. The analysis, held in three international experiences, was anchored mainly on the criteria of citation in the literature and statistical data. As results, we intend to develop guidelines necessary for building a policy of mandatory deposit for Brazilian Institutional Repositories.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10378
Appears in Collections:PPGCI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renato_Nunes.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.