Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10460
Title: Percepções de usuários transexuais sobre o cuidado na estratégia de saúde da família: o desafio do reconhecimento e do rompimento da invisibilidade
Authors: Gomes, Denildo de Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: Teixeira, Enéas Rangel
metadata.dc.contributor.members: Daher, Donizete Vago
Sauthier, Marta
Issue Date: 2019
Citation: Gomes, Denildo de Freitas. Percepções de usuários transexuais sobre o cuidado na estratégia de saúde da família: o desafio do reconhecimento e do rompimento da invisibilidade. 2019. 122 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019
Abstract: Trata-se de um estudo com enfoque na percepção de usuários transexuais quanto ao respeito aos seus direitos, acolhimento e cuidados que lhes são oferecidos na Estratégia de Saúde da Família, considerando-os como pessoas inseridas no contexto sociocultural e direito a acesso aos programas de saúde garantidos pela legislação no cenário da Atenção Básica de Saúde. Objeto de estudo: O objeto desse estudo é discutir o reconhecimento de usuários transexuais dentro dos processos de trabalho desenvolvidos na Estratégia de Saúde da Família. O referencial teórico utilizado foi Axel Honneth e sua Teoria do reconhecimento. Objetivos: Geral: Compreender a realidade vivida pelos transexuais a partir de suas percepções sobre o cuidado que lhes são prestados na Estratégia de Saúde Família, e os específicos foram: Identificar se há reconhecimento pelos profissionais de saúde do transexual como usuário em Estratégia de Saúde da Família; Descrever as percepções atribuídas pelos transexuais sobre a assistência dos profissionais de saúde em Estratégia de Saúde da Família, especialmente sobre os cuidados de enfermagem que lhes são prestados; Analisar as demandas da população transexual para o reconhecimento e visibilidade desses usuários em Estratégia de saúde da Família. Método: Pesquisa com abordagem qualitativa, descritiva e exploratória. O instrumento para coleta de dados foi um roteiro de entrevista semiestruturado, aplicado após submissão e aprovação dos Comitês de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Antônio Pedro sob o no 2.710.416 e Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro sob o no 2.820.474, sendo fornecido o Termo de Consentimento Livre Esclarecido aos participantes da pesquisa para ciência e aprovação da utilização dos dados, tal como preconiza a Resolução 466/12. O cenário utilizado foi a Coordenadoria de Área Programática 5.3, localizada no bairro de Santa Cruz- Rio de Janeiro. Os participantes pesquisados foram 12 usuários que se definiram como transexual que ali residem, que já passaram e que pretendem ou não passar pelo processo transexualizador. Para a análise de dados foram utilizadas as diretrizes de Bardim. Através da análise dos núcleos de sentidos, foram levantadas as seguintes categorias: Fragilidade de acesso aos serviços de saúde públicos; O despreparo para o acolhimento; Lacunas na capacitação profissional e Em busca de Reconhecimento e de Visibilidade. Resultados: Este estudo mostra que a percepção dos usuários transexuais com relação aos processos de trabalho e aos profissionais que atuam em ESF é proporcionalmente inversa ao atendimento equânime e integral preconizado pelo Sistema Único de Saúde. Os resultados mostram um processo de invisibilidade e de não reconhecimento dessa população como cidadãos de direitos ao acesso à saúde garantido pela legislação. Esses não percebem o enfermeiro e outros profissionais de saúde aptos a auxiliá-los em suas demandas específicas no processo transexualizador. Conclusão: Como retorno dessa pesquisa para a academia e para a prática profissional, espera-se uma maior sensibilização dos profissionais que acessarem esse estudo na necessidade da construção de conhecimento acerca de gênero e suas implicações sociais. Assim, busca-se uma melhora das práticas em saúde através do reconhecimento e visibilidade do transexual como um cidadão de direitos sociais
metadata.dc.description.abstractother: It is a study focused on the perception of transsexual users regarding the respect for their rights, reception and care offered to them in the Family Health Strategy, considering them as persons inserted in the socio-cultural context and right to access to the programs of health objectives guaranteed by legislation in the scenario of Primary Health Care. Study Object: The purpose of this study is to discuss the recognition of transsexual users within the work processes developed in the Family Health Strategy. The theoretical reference used was Axel Honneth and his Theory of recognition. Objectives: General: To understand the reality lived by transsexuals from their perceptions about the care provided to them in the Family Health Strategy, and the specific ones were: Identify if there is recognition by the health professionals of the transsexual as a user in the Health Strategy of Family; To describe the perceptions attributed by transsexuals about the assistance of health professionals in the Family Health Strategy, especially about the nursing care provided to them; To analyze the demands of the transsexual population for the recognition and visibility of these users in Family Health Strategy. Method: Research with a qualitative, descriptive and exploratory approach. The instrument for data collection was a semi-structured interview script, applied after submission and approval of the Research Ethics Committees of the Antônio Pedro University Hospital under No. 2,710,416 and the Municipal Health Secretariat of Rio de Janeiro under No. 2,820,474, and the Informed Consent Form was provided to the participants of the research for science and approval of data use, as recommended in Resolution 466/12. The scenario used was the Coordination of Programmatic Area 5.3, located in the neighborhood of Santa Cruz - Rio de Janeiro. Participants surveyed were 12 users who defined themselves as transsexual who reside there, who have already passed and who intend to or not go through the process of transexualization. The Bardim guidelines were used for data analysis. Through the analysis of the sense nucleus, the following categories were raised: Fragility of access to public health services; Unpreparedness for the host; Gaps in professional training and In search of Recognition and Visibility. Results: This study shows that the perception of transsexual users in relation to work processes and professionals working in FHS is proportionally inverse to the equal and integral care recommended by the Unified Health System. The results show a process of invisibility and non-recognition population as citizens with rights to access to health guaranteed by legislation. These do not perceive the nurse and other health professionals able to assist them in their specific demands in the transexualizer process. Conclusion: As a return of this research to the academy and to the professional practice, it is expected that the professionals that access this study will be more aware of the need to build knowledge about gender and its social implications. Thus, it is sought to improve health practices through the recognition and visibility of the transsexual as a citizen of social rights
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10460
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Denildo de Freitas Gomes.pdf2.31 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons