Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10465
Title: Avaliação econômica do ciclo de vida de um campo de petróleo no pré-sal brasileiro nos regimes de concessão e partilha
Authors: Silva, Karine Chimelli
metadata.dc.contributor.advisor: D'Almeida, Albino Lopes
metadata.dc.contributor.advisorco: Coimbra, Vinicius Accurso de Mello
metadata.dc.contributor.members: Ferreira, Geraldo de Souza
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: SILVA, Karine Chimelli. Avaliação econômica do ciclo de vida de um campo de petróleo no pré-sal brasileiro nos regimes de concessão e partilha. 2019. 87f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal Fluminense, Escola de Engenharia, Niterói, 2019.
Abstract: A descoberta do pré-sal, nas bacias de Santos, Campos e Espírito Santo, está entre as mais importantes do mundo na última década. As especulações quanto ao volume das reservas e a qualidade do óleo da região eram tão grandes e otimistas que o governo brasileiro criou o polígono do Pré-Sal, no qual seguiria uma nova regulação e legislação, o regime de partilha de produção. Esse tinha como objetivo aumentar a arrecadação do país com o setor, impulsionar o crescimento sócio econômico e aumentar o controle do governo sobre as decisões do consórcio de E&P. Após alguns leilões com o regime de partilha, pôde-se perceber que determinadas áreas de menor volume, como os blocos Sudoeste de Tartaruga Verde e Pau Brasil, nos 2o e 3o leilões, não estavam recebendo ofertas, levando o governo e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a realizarem leilões no entorno do polígono sob o regime de concessão. Nesse contexto, o presente trabalho pretende mostrar a atratividade do mercado brasileiro de petróleo através de uma comparação entre as atividades de exploração e produção na área do pré-sal, sob os regimes de concessão e partilha, através de dois campos fictícios, um com grande volume e um com pequeno volume recuperável de hidrocarbonetos e analisar seus retornos econômicos tanto para as empresas de petróleo internacionais (IOC) e Petrobrás, quanto para o governo brasileiro.
metadata.dc.description.abstractother: The pre-salt discovery, in the Santos, Campos and Espírito Santo basins, are among the most important in the world in the last decade. Speculation about the volume of reserves and the quality of the oil in the region was so great and optimistic that the Brazilian government created the pre-salt polygon, which would follow a new regulation and legislation, the production sharing contract (PSC). This was intended to increase the country's profit from the sector and boost socio-economic growth. After some auctions with the PSC, it was possible to notice that certain smaller areas, such as the Sudoeste de Tartaruga Verde and Pau Brasil blocks, in the 2nd and 3rd bid rounds, were not bided, leading the government and the National Petroleum Agency (ANP) to carry out bid rounds around the polygon under the concession regime. In this context, the present work intends to show the attractiveness of the Brazilian oil market through a comparison between exploration and production activities in the pre-salt area, under the concession and PSC, through two fictitious fields, one with large volume and one with a small volume of hydrocarbons. In order to analyze its economic returns for both the international oil companies (IOC) and Petrobras, as well as for the Brazilian government.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10465
Appears in Collections:TGO - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Karine Chimelli Silva. vf.pdf2.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.