Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10487
Title: Efeitos da dieta hipoproteica na expressão dos fatores transcricionais NRF2 e NF-KB em pacientes com doença renal crônica em tratamento conservador
Authors: Anjos, Juliana Saraiva dos
metadata.dc.contributor.advisor: Mafra, Denise
metadata.dc.contributor.advisorco: Cardozo, Ludmila Ferreira Medeiros de França
metadata.dc.contributor.members: Pinto, Milena Barcza Stockler
Neves, Fabricia Junqueira das
Ramos, Rodrigo Felippe
Weide, Luciene de Carvalho Cardoso
Issue Date: 2019
Citation: ANJOS, Juliana Saraiva dos. Efeitos da dieta hipoproteica na expressão dos fatores transcricionais nrf2 e nf-κb em pacientes com doença renal crônica em tratamento conservador. 2019. 69 f. Tese (Doutorado em Ciências Cardiovasculares) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: INTRODUÇÃO: A dieta hipoproteica (0,6 g/Kg/dia) prescrita para pacientes com doença renal crônica (DRC) em tratamento conservador tem inúmeros benefícios, incluindo a modulação da inflamação e do estresse oxidativo. Porém não há estudos que avaliaram se esta dieta poderia modular os fatores nucleares envolvidos com tais complicações, como o fator nuclear relacionado ao fator eritróide 2 (Nrf2), que estimula a expressão enzimas antioxidantes e desintoxicantes de fase II e, fator nuclear ΚB (NF-ΚB), que promove a resposta ao estresse oxidativo e inflamação. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da dieta hipoproteica na expressão do RNAm de Nrf2 e NF-ΚB em pacientes com DRC em tratamento conservador. METODOLOGIA: Estudo clínico longitudinal, onde o efeito da dieta hipoproteica foi avaliado por seis meses em 30 pacientes com DRC (55,5 ± 14,0 anos, IMC, 29,1 ± 5,9 kg/m2, taxa de filtração glomerular (TFG) 35,6 ± 12,2 mL/min). As células mononucleares do sangue periférico (PBMC) foram isoladas e a análise quantitativa por PCR em tempo real foi realizada para avaliar a expressão do mRNA de Nrf2, NFB e NADPH quinona oxiredutase (NQO1). O estado nutricional foi avaliado por absorciometria radiológica de dupla energia (DXA). Os níveis de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), marcador de peroxidação lipídica, parâmetros bioquímicos e análise da ingestão alimentar também foram analisados. RESULTADOS: Após 6 meses de intervenção nutricional, a expressão de mRNA de Nrf2 aumentou de 0,85 (0,47-1,56) para 1,28 (0,63-2,63) (p = 0,03) e os níveis de TBARS diminuíram significativamente de 1,78 (1,31-2,38) para 1,30 (1,07 -2,22) nmol/mL (p = 0,04). A expressão do mRNA do NF-κB não apresentou diferença significativa após 6 meses, mas a relação Nrf2/NF-κB aumentou. CONCLUSÃO: Com base nesses resultados, a dieta hipoproteica parece modular a expressão de Nrf2, além de diminuir os níveis de TBARS em pacientes com DRC não dialisados. No entanto, mais estudos são necessários para confirmar a eficácia desta dieta na modulação de fatores de transcrição envolvidos com o estresse oxidativo e a inflamação em pacientes com DRC não dialisados
metadata.dc.description.abstractother: Background: Low protein diet (LPD) (0.6 g/Kg/day) prescribed for non-dialysis patients has been demonstrated numerous benefits and it may modulate inflammation and oxidative stress through nuclear factor erythroid 2 - related factor 2 (Nrf2), which encodes antioxidant and phase II detoxifying enzymes, and it is able to inhibit / antagonize nuclear factor-kB (NF-kB) activity, which orchestrates inflammatory and oxidative stress response. However, no study has evaluated the effect of this diet on the modulation of such transcription factors. The objective of this study was to evaluate the effects of LPD on Nfr2 and NF-kB mRNA expression in non-dialysis CKD patients. Methods: In this longitudinal study, LPD was prescribed for 30 non-dialysis CKD patients (referred to the Renal Nutrition Clinic (UFF)) for six months (55.5 ± 14.0 years, BMI, 29.1 ± 5.9 kg/m2, glomerular filtration rate, 35.6 ± 12.2 mL/min). The peripheral blood mononuclear cells (PBMC) were isolated and quantitative Real-Time PCR analysis were performed to evaluate the Nrf2, NF-kB and NQO1 mRNA expression. The nutritional status was evaluated by Dual-energy X-ray absorptiometry (DXA). Thiobarbituric acid-reactive substances (TBARS) levels, a marker of lipid peroxidation, were also evaluated. Biochemical parameters were evaluated in automation device with BioClin® kits. Results: After 6 months of nutritional intervention, Nrf2 mRNA expression was increased from 0.85 (0.47-1.56) to 1.28 (0.63-2.63) (p = 0.03) and TBARS levels were significantly decreased from 1.78 (1.31-2.38) to 1.30 (1.07-2.22) nmol/mL (p = 0.04). NF-kB mRNA expression showed no significant difference after 6 months, but the Nrf2/NF-kB ratio was increased. Conclusion: Based on these results, LPD seems to modulate the Nrf2 expression and decrease the levels of TBARS in nondialysis CKD patients. However, more studies are needed to confirm the effectiveness of LPD in the modulation of transcriptor factors involved with oxidative stress and inflammation in non-dialysis CKD patients.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10487
Appears in Collections:PPGC-CV - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JULIANA SARAIVA DOS ANJOS TESE.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons