Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1050
Title: Validação do resultado de enfermagem eliminação urinária em idosos no pós-operatório
Authors: Bitencourt, Graziele Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor: Santana, Rosimere Ferreira
metadata.dc.contributor.members: Lopes, Marcos Venícios de Oliveira
Caldas, Célia Pereira
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Bitencourt, Graziele Ribeiro. Validação do resultado de enfermagem eliminação urinária em idosos no pós-operatório. 2012. 109 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde)- Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2012
Abstract: Introdução: Trata-se de um estudo de validação do resultado de enfermagem Eliminação urinária da Classificação de Resultados de Enfermagem (NOC) em idosos no pós-operatório. Com isso, tem-se como objetivos: validar o Resultado de Enfermagem Eliminação Urinária em idosos hospitalizados; identificar na literatura os possíveis critérios de levantamento dos níveis de 1 a 5 para o resultado Eliminação Urinária; avaliar os critérios dos níveis de 1 a 5 do resultado de enfermagem Eliminação Urinária em idosos em pós-operatório longitudinalmente; e analisar o resultado das ações de enfermagem no idoso com eliminação urinária prejudicada no pós operatório. Como método, adotaram-se 2 fases. A primeira consistiu na revisão integrativa, a partir da questão de quais os critérios para avaliação dos indicadores do Resultado de Enfermagem Eliminação urinária no idoso em pós-operatório. Para discuti-la, analisaram-se a partir dos descritores Sistema urinário; Enfermagem perioperaória;Idoso; avaliação em enfermagem os artigos presentes nas bases de dados CINAHL, LILACS, SCOPUS E MEDLINE publicados entre os anos de 2002 a 2011 em português ou inglês. Como produto, elaborou-se um formulário com os critérios de avalição dos indicadores do resultado de enfermagem em estudo. A segunda fase compreendeu na investigação clinica de 103 idosos em pós-operatório avaliados por 2 especialistas em enfermagem gerontológica e médico-cirúrgica. Acompanharam-se os sujeitos diariamente desde o primeiro dia de pós-operatório imediato até a alta hospitalar. Como resultados, Na fase 1, 41 estudos contribuíram com os critérios de análise dos indicadores. Observou-se 10(24,4%) publicados em 2007; 23(56,1%) na área de enfermagem, sendo que 29(70,7%) referia-se a diagnóstico médico e 2 específicos de diagnóstico enfermagem; e 38(92,1%) com grau de recomendação C.A maioria dos métodos de avaliação abordou a observação pela equipe de enfermagem, na transparência e cor da urina; entrevista com as informações do paciente nos indicadores dor e ardência ao urinar, hesitação e frequência urinária; bem como a noctúria. A fita reagente também contribuiu com a análise dos indicadores odor, partículas, e sangue na urina. Na fase2, dos 103 idosos, observa-se (67%) do sexo feminino; entre 65 e 74 anos; 49(47,6%) casados; e 24(23,3%) da especialidade cirúrgica urológica; 56(54,4%) de 3 a 5 dias de pós-operatório; e (61,2%) sem eliminação urinária prejudicada no pré-operatório. O grau de concordância dos avaliadores foi maior no esvaziamento completo da bexiga (0,928) e presença de leucócitos (0,885). Já a quantidade de urina (0,262) e frequência urinária (0,307) apresentaram menor concordância. Observa-se ainda que quanto mais velhos os idosos pioro esvaziamento completo da bexiga (-0,241), e a ardência ao urinar (-0,196). Como conclusão, há necessidade de estudos clínicos que abordem as faixas etárias na determinação dos critérios e as melhores práticas na avaliação urinária dos resultados de enfermagem. E aoacompanhar o idoso em pós-operatório, com o avançar da idade e/ou com os dias de pós-operatório, alguns deles apresentaram comportamentos variados.
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: This is a validation study of the outcome nursing in urinary elimination of Nursing Outcomes Classification (NOC) in elderly postoperative. Thus, we have the following aims: to validate the outcomes in Urinary Elimination in hospitalized aged; to identify possible criteria in the literature survey of levels 1 to 5 to the outcome Urinary Elimination; to evaluate the criteria levels 1 to 5 Urinary Elimination outcome nursing in aged postoperative patients longitudinally, and to analyze the outcome in nursing actions in the aged with impaired urinary elimination postoperative. Method: we adopted two steps. The first consisted in a integrative review, from the question of what criteria for evaluation of indicators of outcome nursing urinary elimination for aged in postoperative. To discuss it, we analyzed the descriptors Urinary System; Perioperative Nursing; Elderly nursing assessment items present in the databases CINAHL, LILACS, SCOPUS and MEDLINE published between the years 2002 to 2011 in English or Portuguese. As a product, we prepared a form with the criteria avalição indicators of the outcome under study nursing. The second phase consisted in the clinical investigation of 103 elderly postoperative patients evaluated by two experts in gerontological nursing and medical-surgical. The subjects followed up daily from the first day of early postoperative until discharge. As a result, at 1st step, 41 studies contributed to the analysis criteria of the indicators. We observed 10 (24.4%) published in 2007, 23 (56.1%) in nursing, and 29 (70.7%) referred to two specific medical diagnosis and nursing diagnosis and 38 (92.1%) with grade of recommendation C. Most methods of evaluation addressed the observation by nursing staff, transparency and color of urine; interview with patient information on indicators pain and burning on urination, hesitancy and urinary frequency, and nocturia. The dipstick also contributed to the analysis of indicators odor, particulates, and blood in the urine. At 2nd step, we observed the most people were female(67%), between 65 and 74 years, 49 (47.6%) were married, and 24 (23.3%) of surgical specialty urology, 56 (54 4%) of 3 to 5 days postoperatively, and (61.2%) without urinary elimination impaired preoperatively. The concordance of evaluators was higher in complete emptying of the bladder (0.928) and leukocytes (0.885). The quantity of urine (0.262) and urinary frequency (0.307) showed less agreement. It was also observed that the older the elderly worse complete emptying of the bladder (-0.241), and burning during urination (-0.196). As aconclusion,we need for clinical studies that address the age groups in determining the criteria and best practices in the evaluation of urinary results nursing. And to accompany the elderly postoperative patients with advancing age and / or the days after surgery, some of them had varied behaviors
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1050
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Graziele Ribeiro Bitencourt.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.