Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10644
Title: Avaliação da ação da cerveja artesanal em comparação com a ação do álcool sobre parâmetros morfológicos e metabólicos em modelo experimental de obesidade induzida por dieta
Authors: Sinder, Flávia Castro
metadata.dc.contributor.advisor: Mendonça, Leonardo de Souza
metadata.dc.contributor.members: Mendonça, Leonardo de Souza
Pascoal, Aislan Cristina Rheder Fagundes
Pascoal, Vinicius D’Avila Bitencourt
Issue Date: 1-Jan-2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Sinder, Flávia Castro. Avaliação da ação da cerveja artesanal em comparação com a ação do álcool sobre parâmetros morfológicos e metabólicos em modelo experimental de obesidade induzida por dieta. 2017. 57f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina)-Universidade Federal Fluminense, Instituto de Saúde de Nova Friburgo, 2017.
Abstract: Os efeitos benéficos para a saúde vindos de um consumo moderado de cerveja, devido à presença de compostos fenólicos e/ou do álcool, apresentam mecanismos ainda pouco estudados. A cerveja pode ser considerada uma boa fonte de compostos fenólicos, que podem ser provenientes tanto do malte quanto do lúpulo. O objetivo deste estudo é analisar e comparar a ação da cerveja e do álcool sobre o remodelamento cardíaco em camundongos alimentados com dieta controle e hiperlipídica. Para a realização deste trabalho foram utilizados camundongos machos da linhagem C57BL/6. O experimento teve a duração de 25 semanas, que foram divididas em duas fases. Na primeira fase, os animais foram divididos em dois grupos, com base apenas nas dietas. O grupo controle (C) recebeu a dieta com 10% de lipídeos, enquanto o grupo (HL) recebeu a dieta com 50% de lipídeos com acréscimo do dobro de sacarose presente na dieta controle. Na 13ª semana a segunda fase do experimento foi iniciada, resultando na formação de oito grupos, associando as dietas da primeira fase com cerveja, cerveja +, álcool ou água. A cerveja e o álcool foram ofertados na gradação alcoólica de 1,62%, e no caso do grupo que recebeu a cerveja em maior concentração, a gradação alcoólica foi de 2,45%. O consumo das dietas e da ingestão das bebidas foi acompanhado diariamente. Todos os animais foram pesados semanalmente. Na 25ª semana foi realizada a eutanásia dos animais utilizando como anestésico ketamina (100,0 mg/Kg) e xilazina (10,0 mg/Kg) por via intraperitoneal A análise da massa corporal dos camundongos e do tecido adiposo permitiu a comprovação de que o objetivo de induzir obesidade utilizando dieta hiperlipídica foi alcançado. A ingestão de cerveja, cerveja+, álcool pode ter contribuído para o aumento de massa corporal dos animais, e no aumento do TAB total. Os animais que ingeriram dieta hiperlipídica tiveram aumento do TAB total e visceral. Houve aumento da massa cardíaca nos grupos que ingeriram cerveja e cerveja+.
metadata.dc.description.abstractother: The beneficial health effects of moderate consumption of beer, due to the presence of phenolic compounds and / or alcohol, have mechanisms that have not yet been studied. Beer can be considered a good source of phenolic compounds, which may come from both malt and hops. The objective of this study is to analyze and compare the action of beer and alcohol on cardiac remodeling in mice fed a control and hyperlipidemic diet. Male mice of the C57BL/6 lineage were used to perform this work. The experiment lasted 25 weeks, which were divided into two phases. In the first phase, the animals were divided into two groups, based on diets only. The control group (C) received the diet with 10% of lipids, whereas the group (HL) received the diet with 50% of lipids with an increase of double of sucrose present in the control diet. At the 13th week the second phase of the experiment was started, resulting in the formation of eight groups, associating the diets of the first phase with beer, beer +, alcohol or water. Beer and alcohol were offered in the alcoholic gradation of 1.62%, and in the case of the group that received the beer in higher concentration, the alcoholic gradation was 2.45%. Consumption of diets and drink intake was monitored daily. All animals were weighed weekly. At the 25th week, animals were euthanized using ketamine (100.0 mg / kg) and xylazine (10.0 mg / kg) intraperitoneally as an anesthetic. The analysis of the body mass of mice and adipose tissue allowed the confirmation that the objective of inducing obesity using a hyperlipid diet was achieved. Ingestion of beer, beer +, alcohol may have contributed to the increase in body mass of the animals, and in the increase of total TAB. The animals that ingested the hyperlipidic diet had total and visceral TAB increase. There was an increase in heart mass in the groups that ingested beer and beer +.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10644
Appears in Collections:CGB - Trabalhos de Conclusão de Curso - Nova Friburgo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flávia Castro Sinder.pdfSINDERFC1.13 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons