Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10680
Title: Análise de custo e custo-efetividade do tratamento diretamente observado da tuberculose e sua expansão no Estado do Rio de Janeiro
Authors: Moura, Ana Carolina Machado Russo de
metadata.dc.contributor.advisor: Mosegui, Gabriela Bittencourt Gonzalez
metadata.dc.contributor.advisorco: Cordeiro, Benedito Carlos
metadata.dc.contributor.members: Sancho, Leyla Gomes
Vianna, Cid Manso de Mello
Issue Date: 2016
Citation: MOURA, Ana Carolina Machado Russo de. Análise de custo e custo-efetividade do tratamento diretamente observado da tuberculose e sua expansão no Estado do Rio de Janeiro. 2016. 63f. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração e Gestão da Assistência Farmacêutica) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2016.
Abstract: A tuberculose (TB) é uma doença que reemergiu nas últimas décadas e se manteve em evidência como um grande problema de saúde pública. Apesar da antibioticoterapia aliada a formulação de políticas para seu tratamento, controle e prevenção, esta enfermidade foi a primeira causa de mortes por doenças infecciosas no mundo em 2014. O Brasil está entre os 22 países responsáveis por 80% dos casos de TB, enquanto que o estado do RJ apresenta um dos piores cenários nacionais, com altas taxas de incidência e mortalidade. O abandono da terapia com consequente agravamento da doença é um dos principais responsáveis por esse quadro atual. A estratégia do Tratamento Diretamente Observado (TDO) tem como objetivo garantir o comprometimento do paciente, do profissional de saúde e do governo com o tratamento, por meio da supervisão da tomada do medicamento. Este estudo teve como objetivo analisar os custos envolvidos no tratamento da TB pulmonar sem resistência e com multirresistência (TBMR); desenvolver modelos de árvore de decisão para análise de custo-efetividade (ACE) do TDO para os novos casos e casos multirresistentes no estado do RJ; e simular a expansão da cobertura do TDO para novos casos. Construíram-se duas árvores de decisão que simularam a progressão da doença por 6 meses, TB sem resistência, e 2 anos, TBMR. Para a ACE foram comparadas as estratégias do tratamento autoadministrado (TAA) e o TDO com abrangência de 100%, enquanto que para ampliação da estratégia foi utilizada a cobertura atual de 48% e 100%. Considerou-se o padrão epidemiológico do Rio de Janeiro, em indivíduos adultos de ambos os sexos sem distinção econômica. A perspectiva adotada foi do Sistema Único de Saúde (SUS) para fins de análises de custos e consequências clínicas. Todos os desfechos foram submetidos a variações para verificação de existência de sensibilidade paramétrica. O trabalho encontrou que os custos com TDO impactam no custo do tratamento, chegando a aumentar três vezes o valor na TB sem resistência e 30% na TBMR. A ACE mostrou que o TDO é custo efetivo para os casos novos, apresentando um ICER de R$ 51.369 (US$ 14.761) por vida salva no RJ. A ampliação da cobertura do TDO de 48 para 100% no RJ evitaria 130 mortes (17%), além de 395 casos extras de cura (5%) e reduziria 91 casos de abandono (6,11%), sendo necessário um investimento na ordem de R$ 6.700.000,00 pelo governo do estado. Contudo, para os casos multirresistentes, esta estratégia não se mostrou custo efetiva, devendo ser repensada a utilização do TDO para esses pacientes. Assim, o TDO se mostra uma estratégia importante na melhoria do panorama da TB no estado, porém, o governo deve reavaliar seu processo de implementação e registro, além do grupo de pacientes a serem incluídos na estratégia.
metadata.dc.description.abstractother: Tuberculosis (TB) is a disease that has reemerged in the last decades and has remained in evidence as a major public health problem. Despite antibiotic therapy combined with political program for treatment, prevention and control, this disorder was the leading infectious cause of death worldwide in 2014. Brazil is included among the 22 countries that are responsible for 80% of all TB cases, while the state of Rio de Janeiro has one of the worst national scenarios, with high incidence and mortality rates. Treatment default and its consequence worsening of the disease is the major responsible for the current setting. The Directly Observed Treatment Short-course (DOTS) strategy aims to ensure the patient, health care professional and government commitment with treatment through the supervision of taking medication. This study aimed to analyze the costs involved in pulmonary TB treatment without resistance and multidrug resistance (MDR-TB); to develop decision trees models for cost-effectiveness analysis (CEA) of the DOTS for new cases and multidrug resistant in RJ; and to simulate the DOTS cover expansion to new cases. Two decision trees were used simulating the progression of disease for 6 months, TB without resistance, and 2 years, MDR-TB. For the CEA were compared Self Administration of Treatment (SAT) strategy with 100% DOTS coverage, while for strategy expansion was used the current coverage of 48% and 100%. It was considered the epidemiological pattern of Rio de Janeiro in adults, without economic distinction and gender. The Health System perspective was adopted for cost analysis and clinical consequences. Sensitivity analyses were used to determine the effect on outcomes of varying parameters. The study found that DOTS costs impact the treatment costs, increasing three times the cost in TB without resistance and 30% in MDR-TB. The ACE showed that DOTS is cost effective when applied in new cases, the ICER was R$ 51,369 (US$ 14,761) per life saved in RJ. The DOTS expansion from 48 to 100% coverage in Rio de Janeiro prevents 130 deaths (17%), increases cure in 395 extra cases (5%) and avoids 91 defaults (6.11%), and would be necessary an investment in the order of R $ 6,700,000.00 by the state government. However, for multi-drug resistant cases, the DOTS strategy was not cost effective and the government should rethink its use in these patients. Therefore, the TDO shows to be an important strategy to improve the TB control in RJ, however, it is important to review its implementation and registration process, further which patients groups should be included in the program.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10680
Appears in Collections:PPG-GAFAr - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MOURA, Ana Carolina Machado Russo de, 2016.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.