Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10691
Title: Teoria das Redes Interorganizacionais no Turismo: uma análise sociométrica da rede de turismo de eventos de Juiz de Fora (MG) para o trabalho do Convention & Visitors Bureau do destino
Authors: Lima, Thais de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor: Marques, Osiris Ricardo Bezerra
metadata.dc.contributor.advisorco: Costa, Carlos Manuel Martins da
metadata.dc.contributor.members: Feger, José Elmar
Mayer, Verônica Feder
Issue Date: 2018
Citation: LIMA, Thais de Oliveira. Teoria das Redes Interorganizacionais no Turismo: uma análise sociométrica da rede de turismo de eventos de Juiz de Fora (MG) para o trabalho do Convention & Visitors Bureau do destino. 2018. 177f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Turismo) - Programa de Pós-Graduação em Turismo, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.
Abstract: No Brasil, o turismo motivado pelos eventos é o segundo maior fator de atração de estrangeiros para o país. A potencialidade deste setor tem ganhado espaço nos planos de desenvolvimento e marketing para fomentar a competitividade dos destinos em todo o mundo. Diante disso, encontra-se a estratégia de desenvolver redes de colaboração entre os atores sociais do turismo e dos eventos para que essas atividades se fortaleçam, coletivamente, superem os problemas de fragmentação e entreguem produtos competitivos no mercado global. Nesse cenário, surge a necessidade da institucionalização do trabalho colaborativo por meio de organizações da sociedade civil que sejam capazes de unir os interesses, públicos e privados, dos atores sociais do destino. Dessa forma, a partir de um estudo na cidade de Juiz de Fora (MG), essa pesquisa de cunho quantitativo, mapeou e analisou a rede interorganizacional do turismo de eventos local, sugerindo estratégias para se desenvolver o trabalho colaborativo através do apoio ao Convention & Visitors Bureau, uma associação, sem fins lucrativos, de âmbito internacional, que busca fomentar o turismo de negócios e/ou eventos dos destinos. A partir de uma amostra de 37 atores sociais selecionados pelo método de reputação, utilizou-se da técnica de análise por citação para mapear essa estrutura através de uma rede de referências das próprias organizações; e buscando estratégias de se objetivar os resultados deste trabalho, optou-se por aplicar a metodologia de análise sociométrica (MORENO, 1937; FREEMAN; 2004) para se investigar a força dos laços entre as organizações (GRANOVETTER; 1973), a centralidade dos nós na rede (BORGATTI & HALGIN, 2011) e os possíveis buracos estruturais (BURT, 1993) nos seus fluxos de informações, produtos e serviços. Como resultado, foi identificada uma rede assimétrica de interdependência composta por 176 organizações que foram hierarquizadas, por segmentos do turismo e dos eventos, através da influência dos atores sociais que apresentaram maior número de vínculos. Diante disso, sugere-se que o Juiz de Fora Convention & Visitors Bureau, com o apoio das organizações mais influentes identificadas nessa pesquisa, crie Grupos de Trabalho Colaborativos por Segmento para que os atores sociais de Juiz de Fora utilizem da estratégia de “coopetir”, ou seja, cooperar e competir ao mesmo tempo, para o fortalecimento do turismo de eventos dessa destinação.
metadata.dc.description.abstractother: In Brazil, the tourism motivated by events is the second biggest foreigner’s attraction factor to the country. The potentiality of this sector has gaining space at the planes of development and marketing to foment the competitivity of the destinies in all the world. In this view, there is the strategy of the development of collaboration network between the tourism and events social actors, to reinforce these activities collectively, overcome the fragmentation problems and delivery competitive products on the global market. On this scenario, the need for institutionalization of the collaborative work grows, through civil society organization, that are capable to unite public and private interests of the social actors of the destination. Thus, based in a study in Juiz de Fora (MG), this quantitative research has mapped and analyzed the tourism inter organizational network of local events, suggesting strategies to develop the collaborative work through the support of the Convention & Visitors Bureau, an international nonprofit organization, that seeks to foster business tourism and/or events tourism. Using a sample of 37 social actors, selected by the reputation method, the citation analysis technique was used to map this structure through a network of references of the organizations themselves; and seeking strategies to objectify the results of this work, we chose to apply the methodology of sociometric analysis (MORENO, 1937; FREEMAN; 2004) to investigate the strength of the links between organizations (GRANOVETTER; 1973), the centrality of nodes in the network (BORGATTI & HALGIN, 2011) and possible structural holes (BURT, 1993) in their information, product and service flows. As a result, an asymmetric network of interdependence was identified, composed of 176 organizations that were hierarchized, by segment of the tourism and events, through the influence of social actors with the greatest number of links. Given that, it is suggested that the Juiz de Fora Convention & Visitors Bureau, with the support of the most influential organizations identified in this research, create Collaborative Working Groups by Segment, so that, social actors of Juiz de Fora use the strategy of “co-opetition”, that is, to cooperate and compete at the same time, to strengthen the tourism of events of the destination.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10691
Appears in Collections:MAT - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Thais_Llima.pdf5.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.