Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10831
Title: Envelhecimento do Sistema Reprodutor: Morfologia Tecidual e Citológica em Camundongos C57BL/6 Fêmeas
Authors: Schimidt, Thaís Carolina Guilland
metadata.dc.contributor.advisor: Bottino, Caroline Fernandes dos Santos
metadata.dc.contributor.members: Bottino, Caroline Fernandes dos Santos
Costa, Kelly Almeida
Almeida, Elan Cardozo Paes de
Issue Date: Jan-2019
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Schimidt , Thaís Carolina Guilland. Envelhecimento do Sistema Reprodutor: Morfologia Tecidual e Citológica em Camundongos C57BL/6 Fêmeas. 2018. 112f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina)-Universidade Federal Fluminense, Instituto de Saúde de Nova Friburgo, 2018.
Abstract: O sistema reprodutor feminino é versátil tanto no camundongo como no humano, com aparência morfológica variável baseada em influencias hormonais durante o ciclo estral/menstrual e senescência ovariana. Além disso, os estudos sugerem que a deterioração do metabolismo do tecido adiposo com a idade contribua com a deterioração do metabolismo energético, e que os hormônios sexuais possam influenciar esse processo. Diante disso, o objetivo do presente estudo foi investigar as alterações morfológicas do sistema reprodutor de camundongos C57BL/6 fêmeas durante o envelhecimento. O protocolo de estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética (CEUA UFF 446/2014). Os animais foram divididos em cinco grupos de acordo com a idade: 3, 6, 12, 18 e 24 meses. Antes da eutanásia foi avaliada a massa corporal, glicemia de jejum e citologia vaginal. Na eutanásia, após anestesia, sangue foi coletado, assim como foram coletados e pesados o tecido adiposo branco (TAB) genital e visceral, tecido adiposo marrom (TAM), fígado, útero e ovário para análise morfométrica. Como resultado, viu-se um aumento da massa corporal a partir dos 6 meses de idade. Os depósitos de TAB aumentaram com a idade, sem diferença na massa de TAM. A relação g. visceral/ g. subcutânea aumentou progressivamente com a idade. Na quantificação morfológica, houve aumento do diâmetro dos adipócitos na gordura genital e inguinal. Não houve diferença no diâmetro dos adipócitos da gordura marrom, porém foi visto que as gotículas lipídicas de menor diâmetro são mais prevalentes nos animais com maior idade. O peso do fígado aumentou na idade de 18 meses. Não houve diferença entre as idades para a glicemia, triglicerídeo sérico e hepático. Na análise citológica foi visto que os animais perdem a ciclicidade aos 12 meses de idade, corroborando com os achados histomorfométricos da análise doovário, onde houve queda do número de folículos, assim como no útero, onde a área seccional aumentou na idade de 12 meses. Conclui-se assim que durante o envelhecimento dos camundongos C57BL/6 fêmeas, observa-se várias fases do desenvolvimento do sistema reprodutor (maduro e senescente), com perda da ciclicidade aos 12 meses de idade. É importante a análise do status reprodutivo com a idade em animais do sexo feminino, visto que isto pode impactar a avaliação e a interpretação de achados científicos.
metadata.dc.description.abstractother: The female reproductive system is versatile in both mouse and human, with variable morphological appearance due to the hormonal influence during the estrous/menstrual cycle and ovarian senescence as well. Also, studies suggest that the deterioration of adipose tissue (AT) metabolism with aging contributes to the deterioration of energy metabolism, and that sex hormones have a role in this process. Therefore, the present study aimed to investigate the morphological changes in the reproductive system of female C57BL/6 mice during aging. The study protocol was approved by the Ethics Committee (CEUA UFF 446/2014). Animals were allocated into five groups according to age: 3, 6, 12, 18 and 24 months. Before euthanasia, body mass (BM), fasting blood glucose and vaginal cytology were evaluated. After anesthesia, blood was collected, and also the white (WAT) and visceral adipose tissue (VAT), brown adipose tissue (BAT), liver, uterus, and ovary for morphometric analysis. Results show that BM increased after 6 months of age. WAT fat pads increased with age, but without a difference in BAT mass among groups. Visceral to subcutaneous fat pad ratio showed a continuous increase with age. Morphometrics showed an increase in adipocyte diameter in the genital and inguinal fat pads. BAT adipocyte diameter did not change, but there was a higher prevalence of small lipid droplets in older mice. Liver weight was increased at the age of 18 months. There was no difference between groups for glycemia, and serum and hepatic triacylglycerol. Regarding the cytological analysis, mice were no longer cycling at the age of 12 months, corroborating with the histomorphometric findings, where there was a decreased number of ovary follicles, and an increase in the uterus cross-sectional area also at 12 months. In conclusion, during aging in female C57BL/6 mice, several stages of reproductive system development are found (mature and senescent), and the loss of cycling at 12 months of age. It is crucial to analyze reproductive status with age in female animals since it might affect the evaluation and interpretation of scientific findings.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10831
Appears in Collections:CGB - Trabalhos de Conclusão de Curso - Nova Friburgo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Thaís Carolina Guilland Schimidt.pdfSchimidtTCG2.26 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons