Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10869
Title: A assistência de enfermagem neonatal no uso do cateter central de inserção periférica
Authors: Birindiba, Renata Rangel
metadata.dc.contributor.advisor: Alves, Valdecyr Herdy
metadata.dc.contributor.members: Alves, Valdecyr Herdy
Santos, Inês Maria Meneses dos
Aguiar, Rosane Cordeiro Burla
Paiva, Eny Dórea
Issue Date: 2015
Citation: BIRINDIBA, Renata Rangel. A assistência de enfermagem neonatal no uso do cateter central de inserção periférica. 2015. 90 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Materno-Infantil) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2015.
Abstract: Dentre os avanços tecnológicos observados no cuidado ao recém-nascido de risco, destaca-se a terapia intravenosa. Para implementá-la, faz-se necessária a obtenção de um acesso vascular. Sendo assim, a utilização do Cateter Central de Inserção Periférica (PICC) mostra-se como uma técnica que possibilita a obtenção de um acesso vascular seguro, por tempo prolongado, associado a um menor risco de infecção. O estudo ateve-se à assistência de enfermagem no uso do PICC em uma Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) de um Hospital Universitário (HU) no Município de Niterói, Estado do Rio de Janeiro (RJ), tendo como objetivos identificar o conhecimento dos enfermeiros de uma UTIN acerca da inserção, manutenção e retirada do cateter central de inserção periférica; descrever o processo de assistência de enfermagem ao recém-nascido com o PICC, através do discurso dos enfermeiros de uma UTIN; elaborar um protocolo de inserção, manuseio, manutenção e remoção do PICC para implementação em uma UTIN. Trata-se de um Estudo descritivo, com abordagem qualitativa, cujos dados coletados foram submetidos à análise de conteúdo, segundo Bardin. As unidades de significado que emergiram do estudo possibilitaram a construção de duas Categorias Analíticas: 1) O conhecimento do enfermeiro acerca da utilização do cateter central de inserção periférica; 2) Subsídios para a assistência de enfermagem neonatal na utilização do cateter central de inserção periférica. Dessa forma, foi possível constatar que a utilização do PICC é de grande importância na Neonatologia devido aos inúmeros benefícios que este procedimento proporciona ao recém-nascido, principalmente no que diz respeito à diminuição de punções periféricas e, consequentemente, diminuição da dor e do estresse, além de promover um acesso venoso seguro para infusão da terapia prescrita. Assim, é necessário que a equipe de enfermagem esteja preparada e treinada para prestar uma assistência de qualidade após a inserção desse cateter. No entanto, constatou-se que existem lacunas entre o conhecimento acumulado pelos enfermeiros e a realização da técnica. Os registros de enfermagem acerca do PICC foram feitos inadequadamente, e os enfermeiros mostraram divergências principalmente em relação ao procedimento de inserção e manutenção do cateter. O estudo traz como contribuição a elaboração e posterior validação de um protocolo institucional para inserção, manuseio e manutenção do PICC, além da reformulação da ficha de controle do cateter, já existente no setor. Para tanto, torna-se necessária uma parceria com a Educação Permanente do hospital visando ao treinamento da equipe de enfermagem em relação ao manuseio, manutenção e remoção desse cateter
metadata.dc.description.abstractother: Despite all technological advances observed in high-risk newborn care, the intravenous therapy stands out. In order to implement this therapy, it is needed to obtain a vascular access. In that way, the use of Peripherally Inserted Central Catheters (PICC) shows itself as a technique that allows the obtaining of a safe vascular access for a prolonged time added to a lower risk of infection. This study focused on the nursing care of PICC on an Intensive Care Unit (ICU) of a University Hospital (UH) in the city of Niterói, state of Rio de Janeiro (RJ), and aims to identify the ICU-nurses knowledge about the insertion, maintenance and removal of PICC; describe the nurse care of high-risk newborn using PICC by ICU nurses; elaborate a protocol of PICC’s insertion, handling, maintenance and removal for a ICU implementation. This is a descriptive study with qualitative approach and the collected data subjected to content analysis according to Bardin. The emerged meaning units of this study allowed the separation in two themes: 1) The nurse’s knowledge about PICC uses, 2) Subsides for neonatal nursing care in the use of PICC. Thereby, it was possible to identify that PICC’s uses is of great importance in neonatology due to a wide benefits to high-risk newborn, mainly by decreasing the peripheral punctures and associated pain and stress, in addition to promote a safe venous access to prescribed therapy infusion. Thus, it is necessary that the nursing team is prepared and trained to provide quality care after PICC’s insertion. However, it was founded gaps between accumulated knowledge by nurses and the technical performing. The records about the PICC’s technique are improperly and the nurses show divergences about insertion and maintenance procedures. This study contributes to elaborate and rear validation of an institutional protocol to insertion, handling, maintenance of the PICC, besides the reformulation of a catheter control plug already used in the sector. For this, it becomes necessary a partnership with Continuing Education of the hospital seeking the training of the nursing staff in relation of the maintenance and handling the catheter
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10869
Appears in Collections:MESP-MI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renata Rangel Birindiba Dissertação.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons