Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10874
Title: Diagnósticos de enfermagem no trabalho de parto e parto: mapeamento cruzado
Authors: Crespo, Nathália Carolina Tomazelli
metadata.dc.contributor.advisor: Alves, Valdecyr Herdy
metadata.dc.contributor.members: Alves, Valdecyr Herdy
Mota, Cristina Portela da
Pereira, Audrey Vidal
Santos, Inês Maria Meneses dos
Issue Date: 2017
Citation: CRESPO, Nathália Carolina Tomazelli. Diagnósticos de enfermagem no trabalho de parto e parto: mapeamento cruzado. 2017. 73 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Materno-Infantil) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017.
Abstract: Introdução: O cuidado a gestante durante o trabalho de parto e parto é um ramo de atuação específica da Enfermagem e requer intervenções fundamentadas em evidências científicas, a fim de sustentar sua prática cotidiana. O processo de enfermagem propõe uma metodologia para sistematizar a assistência e dentro deste processo temos o diagnóstico de enfermagem, percursor para as intervenções de enfermagem. Objetivo: Realizar o mapeamento cruzado dos termos que descrevem os diagnósticos de enfermagem encontrados no trabalho de parto e parto. Método: Pesquisa descritiva através da análise de prontuários, aplicando-se a técnica de mapeamento cruzado e posterior identificação e padronização de termos, com conseguinte raciocínio diagnóstico. Foram analisados 20 prontuários de mulheres assistidas no trabalho de parto e parto por enfermeiras obstétricas. Resultados: Foram identificados 62 termos distintos para trabalho de parto e parto, reclassificados em 26 termos que expressam os problemas de enfermagem, e 36 referentes as intervenções. A partir dos termos identificados, foi traçado o perfil diagnóstico, usando a Taxonomia North American Nursing Diagnosis Association (NANDA). Elencou-se um total de 24 diagnósticos de enfermagem presentes em 8 domínios, sendo mais expressivo o referente à segurança e proteção (D11), destacando-se os diagnósticos “risco de sangramento” e “risco de infecção”, com 05 termos associados para cada diagnóstico; o segundo domínio pertencente a Conforto (D12), encontramos 03 diagnósticos, sendo os mais evidentes “dor aguda”, “conforto prejudicado” e “dor no trabalho de parto”. Conclusão: Os diagnósticos de enfermagem durante o trabalho de parto e parto, de forma indireta, são estabelecidos. A diversidade de termos expressa os problemas da enfermagem em descrever os diagnósticos encontrados no trabalho de parto e parto. A utilização da classificação NANDA, mostrou-se aplicável no trabalho de parto e parto, evidenciando os fenômenos identificados por enfermeiros e que guiam a assistência de enfermagem
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The care of pregnant women during labor and delivery is a specific branch of nursing and requires interventions based on scientific evidence in order to sustain their daily practice. The nursing process proposes a methodology to systematize care and within this process we have the nursing diagnosis, the precursor for nursing interventions. Objective: To perform cross-mapping of terms describing the nursing diagnoses found in labor and delivery. Method: Descriptive research through the analysis of medical records, applying the technique of crossmapping and subsequent identification and standardization of terms, with consequent diagnostic reasoning. We analyzed 20 charts of women assisted in labor and delivery by obstetric nurses. Results: Identified 62 different terms, into 26 terms expressing the nursing problems and 36 referring to the interventions. From the identified terms, draw the diagnostic profile, from the NANDA Taxonomy, we list a total of 24 nursing diagnoses present in 8 domains, the most expressive referring to safety and protection (D11), highlighting whether the diagnoses "Risk of bleeding" And "Risk of infection", with 05 associated terms for each diagnosis, the second domain belonging to Comfort (D12), we found 03 diagnoses, the most evident being "acute pain", "impaired comfort" followed by "pain in the work of Childbirth". Conclusion: in an indirect way the Nursing diagnoses during labor and delivery are established. The use of the NANDA classification has been shown to be applicable in labor and delivery
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10874
Appears in Collections:MESP-MI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nathalia Crespo Dissertação.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons