Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10917
Title: Resgatando a memória literária : uma edição crítica de ânsia eterna de Júlia Lopes de Almeida
Authors: Figueiredo, Viviane Arena
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Ceila Maria
Issue Date: 2014
Abstract: A edição crítica de um texto é uma tarefa que exige uma minuciosa busca por referências que compuseram a obra ao longo do seu processo de criação. Ao se definir o objeto de investigação crítica, o editor busca não só manter a veracidade do texto literário, como também diminuir as lacunas criadas pelo esquecimento de diversos artistas por parte do cânone. É, pois, segundo essa matriz diferencial que nos deparamos com a obra da escritora fluminense Júlia Lopes de Almeida. Nascida em 1862, deixou uma vasta composição literária no qual se encontram romances, crônicas, contos, apontamentos histórico-geográficos. Ainda na primeira década do século XX, seu nome figurava entre os grandes artistas da época, de maneira que seus textos foram fartamente veiculados em jornais tais quais: O paiz, Gazeta de Noticias e O Jornal do Commercio. Sendo assim, a obra de Júlia Lopes, além de nos fornecer um amplo retrato da sociedade dos séculos XIX e XX, conta com um fator extremamente relevante para os estudos de crítica textual. Ao colaborar como escritora em diversos jornais da época, a autora nos deixa um vasto material de investigação sobre as prováveis mudanças que tenham ocorrido em seus textos ao longo dos processos de publicação. Há de se chamar atenção, nesse caso, para a coletânea de contos intitulada Ânsia eterna. Publicada inicialmente em 1903, pela H. Garnier, essa obra foi somente reeditada no ano de 1938, quatro anos após a morte da escritora. Porém, as diferenças entre as edições são evidentes; editado pela A Noite S.A., a versão de 1938 conta com significativas modificações ao longo de seu conteúdo, deixando algumas dúvidas quanto aos procedimentos de edição realizados em sua composição. Pretende-se, pois, observar os lugares-críticos entre esses textos, apontando a divergência entre os testemunhos investigados, retomando como base a edição de 1903.
metadata.dc.description.abstractother: The critical edition of a text is a labor that needs a careful research for references that compound a work during its creation process. When defining the object of critical investigation, the editor aims not only to keep the truthfulness of the literary text, as well as, to reduce the gaps created throughout the forgetfulness of many artists by the canon. So, according to this differential source, we meet Júlia Lopes de Almeida’s works. The author, which was born in 1862, let a great literary composition in which it can be found novels, chronicles, short stories, historic-geographical notes. In the first decade of XX century, her name ranked among the great artists at that time, in a way that her texts were largely divulged in newspapers such as: O paiz, Gazeta de Notícias e O Jornal do Commercio. In this way, Júlia Lopes de Almeida’s works, beyond show us a great portrait of the society that lived in the century XIX and XX, it still counts with an extremely relevant factor for the Textual Criticism studies. When working as a writer in many newspapers, the author let a great material of investigation about the possible changes that had occurred in her texts during the processes of publication. It is needed to call attention, in this case, for the collection of short stories entitled Ânsia eterna. When it was published in the beginning in 1903, by H. Garnier, this work was only reprinted in 1938, four years after the author’s death. However, the differences between the editions are clear; the version edited by A Noite S.A. counts with significative changes inside its content, letting some doubts about the edition processes that were used in its composition. It intends to observe the critical-places between these texts, pointing to the divergence between the testimonies that were investigated, to retake the edition of 1903 as the base of this study.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10917
Appears in Collections:POSLIT - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
texto completo.pdf5.56 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons