Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1092
Title: Proposta de um modelo de capacitação para implantação da sistematização da assistência de enfermagem: pesquisa-ação
Authors: Barros, Fernando de Siqueira
metadata.dc.contributor.advisor: Santana, Rosimere Ferreira
metadata.dc.contributor.members: Brandão, Marcos Antônio Gomes
Fuly, Patricia dos Santos Claro
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Barros, Fernando de Siqueira. Proposta de um modelo de capacitação para implantação da sistematização da assistência de enfermagem: pesquisa-ação. 2012. 86 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial)-Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2012
Abstract: Trata-se da implantação da sistematização da assistência de enfermagem (SAE) em um Hospital Geral, público, de grande porte, na Baixada Fluminense, com 350 leitos especializados e de emergência, e demanda de até 600 atendimentos diários. Conta-se para tal com um quadro de 168 enfermeiros e 659 auxiliares de enfermagem dividido em plantões de 12/60 horas de descanso. De posse de tal problemática, suscitou-se a questão norteadora: Qual o modelo de implantação da SAE pode ser desenvolvido para a concretização da mesma em um Hospital Geral? E formulou-se como Objetivo geral: Testar um modelo de capacitação para implantação da SAE desenvolvido para o Hospital Geral de Nova Iguaçu num contexto de construção e pactuação coletiva. Método: Estudo do tipo descritivo, observacional, de abordagem quanti-qualitativa, fundada nas prerrogativas da pesquisa-ação, com adesão de 45% do público alvo. Resultados: O pré e pós-teste geraram uma matriz de transição de respostas de incorreta para correta no aprendizado NANDA, NIC e NOC, significativa para p1 < 0,001. A formação acadêmica "Especialização" teve um efeito positivo e significativo no aprendizado, enquanto trabalhar em outra instituição, ser diarista e estar ansioso com o processo apresentou efeito negativo no aprendizado. A avaliação das oficinas pelos participantes distribuiu-se em 4 domínios, com médias gerais de pontuação: conteúdo 4,21, estrutural 4,10; didático 4,12; e auto-aproveitamento 4,08. Houve incremento na quantidade de evoluções realizadas, para os enfermeiros que participaram das oficinas 1 e 3 da ordem de 22 pontos percentuais, e os não participantes apresentaram uma variação de 0,04 pontos. Os dados de natureza qualitativa distribuíram-se nas seguintes categorias: Motivação para a oficina - aprimoramento da conduta, melhorias de condições de trabalho e convocação da chefia,; Expectativa para a implantação da SAE - individualização do cuidado, conhecimento, desafio à implantação do processo e o desenvolvimento profissional. Visão do processo de enfermagem - levantamento de problemas declarado e difícil implantação nos serviços. Conclusões: Houve como principais produtos técnicos o estabelecimento da comissão de implantação da SAE na unidade e a construção de formulários de coleta de dados. Assim como a discussão e considerações preliminares apontaram para um aprimoramento das oficinas de capacitação como forma de ampliar a adesão ao processo de implantação da SAE no hospital
metadata.dc.description.abstractother: This study addresses the implementation of the Nursing Care Systematization (SAE) in a large public General Hospital, located in Baixada Fluminense (Lowlands in Rio de Janeiro), with 350 specialized and emergency beds, fulfilling a demand of up to 600 daily appointments. For such, the hospital relies on a 168 nurses and 659 nurse assistants divided into 12-hour shifts with 60-hour breaks. In light of such issue, a guiding question was raised: Which SAE implementation model may be develop in order to achieve it in a General Hospital? And the General Aim was then established: To test a qualification model for the SAE implementation for the Nova Iguaçu General Hospital in a context of collective construction and agreement. Method: A descriptive observational study of quantitative and qualitative approach, based on the action research assumptions, with adhesion of 45% of the target group. Results: The pre- and post-test generated a transition matrix of answers from incorrect to correct in the NANDA, NIC and NOC education, significant for p1 < 0.001. The academic background “Specialization” had a positive and significant effect on education, while working for another institution, being a day-worker and being anxious with the process showed a negative effect on education. The assessment of the workshops by the attendees was distributed over 4 domains, with the following general average scores: content 4.21, structural 4.10; didactic 4.12; and self-development 4.08. There was improvement in the quantity of evolutions carried out, for the nurses who took part in workshops 1 and 3 of approximately 22 percentage points, and the non-attendees showed a variation of 0.04 points. Data of qualitative nature were distributed over the following categories: Motivation for the workshop – improvement of conduct, improvement of labor conditions and summoning by management; Expectation for the implementation of SAE – individualization of nursing care, knowledge, challenge posed by the implementation of the process and professional development. View of the nursing process - survey of declared issues and difficult implementation in the services. Conclusions: The main technical outputs were the establishment of the SAE implementation committee in the unit and the preparation of data collection forms. In addition, the discussion and preliminary considerations indicated an improvement in the training workshops as a way to expand the adhesion to the process of implementation of SAE in the hospital
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1092
Appears in Collections:MPEA - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernando de Siqueira Barros.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.