Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10995
Title: Prevalência da contenção mecânica em idosos na atenção domiciliar
Authors: Capeletto, Cristiane da Silva Gabriel
metadata.dc.contributor.advisor: Santana, Rosimere Ferreira
metadata.dc.contributor.members: Seixas, Clarissa Terenzi
Sá, Selma Petra Chaves
Issue Date: 2018
Citation: Capeletto, Cristiane da Silva Gabriel. Prevalência da contenção mecânica em idosos na atenção domiciliar. 2018. 84 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.
Abstract: Introdução: A contenção mecânica é utilizada na saúde em pacientes em risco de queda, agitados ou desorientados de maneira a restringir a liberdade, o movimento ou o acesso normal ao próprio corpo. Contudo a transladação hospital-domicilio, sem reflexão, desta prática, a motivação e o tipo de material empregado podem ser fatores controversos a sua aplicabilidade na atenção domiciliar Objetivos: Estimar a prevalência de contenção mecânica em idosos na atenção domiciliar; Caracterizar o perfil da contenção mecânica e dos idosos contidos; Analisar fatores associados à prática de contenção mecânica de idosos na atenção domiciliar; Propor um Roteiro de Simulação Realística para Enfermeiros. Método: Estudo transversal, observacional com abordagem quantitativa, para mensurar a prevalência da prática de contenção mecânica na atenção domiciliar. O cenário de pesquisa foram as residências visitadas pela enfermeira de um serviço de atendimento domiciliar de um hospital federal. Os participantes foram idosos acima de 60 anos com amostra estimada de 162 participantes (contidos e não contidos), visitados aleatoriamente conforme agenda adotada pelo serviço. Aferiu-se a prevalência da contenção alguns de seus fatores associados Resultados: Estima-se que a prevalência de contenção em idosos na atenção domiciliar seja de 13,0%, com erro de previsão de 5,2% ao nível de 95% de confiança. As contenções analisadas foram contenções mecânicas, feita tipicamente por ataduras (38,1%), a justificativa para a contenção mais comum é a agressividade (28,6%), e ficam em contenção 24 horas por dia (42,9%). Os resultados mostram que os idosos contidos se diferem significativamente dos não contidos em relação a rotina de dias alternados dos cuidadores (p-valor=0,000 do Teste qui-quadrado), quanto a deambulação (p-valor=0,002 do Teste qui-quadrado);, ao uso de dispositivos invasivos(p-valor=0,006 do teste qui-quadrado), a dependente para atividades de vida diária(p-valor=0,000 do Teste de Mann Whitney); quanto ao déficit cognitivo(p-valor=0,000 do teste de Mann Whitney) e quantidade de medicamentos utilizados(p-valor=0,007 do este de Mann-Whitney e p-valor=0,017 do teste qui-quadrado). Ressalta-se também as distintas incidências de lesões por fricção e de lesões por pressão no grupo de idosos contidos(p-valor=0,001 e p-valor=0,000 do teste Exato de Fisher). Propõe como produto do estudo a elaboração de treinamento nos moldes de Simulação Realísticas para Enfermeiros com a finalidade de discutir riscos, eventos adversos e alternativas à utilização da contenção mecânica. Conclusão: O estudo demonstrou a prevalência e fatores associados à contenção mecânica no domicilio Este estudo se propõe possibilitar reflexão a cerca da prática de contenção mecânica na atenção domiciliar e ao aperfeiçoamento das habilidades do enfermeiro através da Simulação Realística
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The concepto f physical restraint is used in health care in patients who are at risk of falling, agitated or disoriented in ways that restrict freedom, movement or normal access to one's own body. However, the hospital-home translation, without reflection, of this practice, the motivation and the type of material employed may be controversial factors in its applicability to home care Objectives: To estimate the prevalence of physical restraint in the elderly in home care; Characterize the profile of physical restraint and the contained elderly; To analyze factors associated with the practice of physical containment of the elderly in home care; Propose a Realistic Simulation Roadmap for Nurses. Method: Cross-sectional, observational study with a quantitative approach to measure the prevalence of physical restraint practice in home care. The research scenario was the residences visited by the nurse of a home care service of a federal hospital. Participants were aged over 60 years with an estimated sample of 162 participants (contained and not contained), randomly visited according to the schedule adopted by the service. It was assessed the prevalence of containment some of its associated factors Results: It is estimated that the prevalence of restraint in the elderly in home care is 13.0%, with a prediction error of 5.2% at the 95% confidence level. The contentions analyzed were physical restraint, typically made by bandages (38.1%), the most common contention is aggressiveness (28.6%), and they are contained 24 hours a day (42.9%). The results show that the contained elderly differ significantly from those not contained in relation to the alternate-day caregiver routine (p-value = 0.000 of the chi-square test), as well as ambulation (p-value = 0.002 of the chi-square test) (p-value = 0.006 of the chi-square test), the dependent variable for daily life activities (p-value = 0.000 of the Mann Whitney test); (p-value = .007 from the Mann-Whitney test and p-value = 0.017 from the chi-square test). The different incidences of friction lesions and pressure lesions were also observed in the group of elderly subjects (p-value = 0.001 and p-value = 0.000 of Fisher's exact test). It proposes as a product of the study the elaboration of training in the Realistic Simulation models for Nurses with the purpose of discussing risks, adverse events and alternatives to the use of physical restraint. Conclusion: The study demonstrated the prevalence and factors associated with physical containment at home. This study proposes to enable reflection on the practice of physical restraint containment in home care and the improvement of nurses' skills through Realistic Simulation
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10995
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cristiane da Silva Gabriel Capeletto.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons