Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11012
Title: Da democracia representativa à democracia deliberativa promulgada por Jürgen Habermas: um estudo a partir dos principais movimentos populares no Brasil
Authors: Carvalho, Raphaela Nascimento de
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Cândido Francisco Duarte dos Santos e
metadata.dc.contributor.members: Nascimento, Daniel Arruda
Barros, Matheus Ferreira de
Issue Date: 2019
Abstract: O presente trabalho acadêmico tem por objetivo realizar uma análise sobre a contemporaneidade da democracia representativa, que por sua vez, perpassa por uma crise identitária social. Esse cenário é perceptível através da crescente e variada manifestação popular insatisfeita com o cenário político, que emerge junto ao anseio por uma democracia mais participativa. Uma das formas de exercício dessa última é a chamada democracia deliberativa, por meio da qual, o filósofo Habermas propõe enfatizar processos que visem facilitar a participação pública nas tomadas de decisões, ou seja, para além da participação via votação. Nessa perspectiva, se faz pertinente verificar como a sociedade vem aderindo à concepção embrionária de democracia deliberativa – ao invés da exaltação da democracia representativa – mesmo que desconheça tal arcabouço teórico. A análise empírica do estudo é pautada a partir da análise das principais e contemporâneas manifestações populares no Brasil. Para tanto, o presente trabalho é delineado em quatro partes: o conceito de democracia e análise da democracia brasileira a partir da promulgação da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988; A democracia passiva e ativa; Habermas e democracia; Manifestações populares brasileiras e a aplicação do conceito a partir de Habermas ao caso concreto.
metadata.dc.description.abstractother: The objective of this academic work is to analyze the contemporaneity of representative democracy, which, in turn, runs through a social identity crisis. This scenario is perceptible through the growing and varied popular manifestation unsatisfied with the political scenario, which emerges together with the desire for a more participatory democracy. One of the ways of exercising the latter is the so-called deliberative democracy, through which the philosopher Habermas proposes to emphasize processes that aim to facilitate public participation in decision-making, that is, in addition to participation through voting. In this perspective, it is pertinent to verify how society has been adhering to the embryonic conception of deliberative democracy - rather than the exaltation of representative democracy - even if it ignores such a theoretical framework. The empirical analysis of the study is based on the analysis of the main and contemporary popular manifestations in Brazil. For this, the present work is outlined in four parts: the concept of democracy and analysis of Brazilian democracy since the promulgation of the Constitution of the Federative Republic of Brazil of 1988; Passive and active democracy; Habermas and democracy; Brazilian popular manifestations and the application of the concept from Habermas to the concrete case.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11012
Appears in Collections:MDI - Trabalho de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC II - FINAL VERSÃO OFICIAL - Raphaela.pdf480.72 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons