Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1102
Title: Trekking de regularidade: como a atividade esportiva pode motivar a visitação em unidades de conservação
Authors: Azevedo, Daniele de Assis
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Frederico Cascardo Alexandre e
metadata.dc.contributor.members: Cheibub, Bernardo Lazary
Machado, Marcello de Barros Tomé
Issue Date: 2014
Abstract: O Brasil é considerado um país possuidor de uma rica biodiversidade e tem potencial para ser reconhecido mundialmente como um destino para os seguimentos de ecoturismo e turismo de aventura. A criação de medidas eficazes pautadas na Educação Ambiental que proporcionem uma interação entre todos os agentes sociais envolvidos no planejamento desses segmentos tornam-se essenciais tendo-se em vista o aumento das práticas de atividades esportivas ao ar livre. O trekking de regularidade é uma atividade esportiva relativamente nova e surgiu do interesse dos praticantes de trekking/caminhadas de conciliarem uma atividade competitiva de moderado esforço físico em contato com a natureza. As competições podem ocorrer em trilhas dentro de Unidades de Conservação, áreas naturais ou propriedades privadas. O presente estudo buscou analisar como o trekking de regularidade poderia motivar a visitação em Unidades de Conservação, visto que estas atualmente ainda não são muito conhecidas pela sociedade e possuem uma variedade de recursos naturais para o uso público da população devido à favorecer adequadas condições para a realização sustentável dessas atividades. Para tanto foi efetuado uma pesquisa bibliográfica e documental e uma pesquisa de campo utilizando-se as abordagens qualitativa através dos métodos de entrevista e observação participante e quantitativa por meio da aplicação de questionários. Os resultados das pesquisas apontaram que os principais motivos para a prática do trekking de regularidade são diversos, as pessoas o praticam para terem lazer/prazer, qualidade de vida, conhecerem novos parques ou áreas naturais e estarem em contato com a natureza.
metadata.dc.description.abstractother: Brazil is considered to be a country that owns a rich biodiversity and the potential to be recognized worldwide as a destiny for the ecotourism and adventure tourism segments. The creation of eficient measures guided by the environmental education which provides an interaction among all the social agents involved on planning these arguments become essential, aiming to increase the practice of outdoor sporting activities. The regularity trekking is a relatively new sporting activity and came from the interest of the trekking/jogging practitioners to reconcilie a competitive activity of moderate physical effort in touch with nature. The competitions can take place in trails within Conservation Units, natural areas or private properties. This study searched to analyze how regularity trekking could motivate the visitation in Conservation Units, as these are not well-known by society nowadays and possess a variety of natural resources to the population’s use due to the fact that it favors the approprieate conditions for the sustainable achievement of these activities. For such, a literature and documentary research as well as a field survey were fullfilled, using the qualitative approach through the interview and participating observation methods and a quantitative approach through the application of questionnaries. The results of the research indicated that the main reasons for the exercise of the regularity trekking are several. People practice it for pleasure, quality of life, to meet new parks or natural areas and also to be in touch with nature.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1102
Appears in Collections:SGT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
312 - Daniele Azevedo.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.