Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11063
Title: Homossexualidade Feminina e Serviço Social: análise da aproximação da temática na formação profissional.
Authors: Ferreira, Gabrielle Gomes
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Tatiana Dahmer
metadata.dc.contributor.members: Pereira, Tatiana Dahmer
Santos, Francine Helfreich Coutinho dos
Almeida, Guilherme Silva de
Issue Date: 2015
Abstract: O objetivo desta dissertação é analisar se ocorre na contemporaneidade uma aproximação da temática homossexualidade feminina na formação profissional, refletindo sobre as questões em torno do gênero e das sexualidades como prováveis campos de estudo para os assistentes sociais e frente aos dilemas presentes na formação compreendida aqui enquanto um processo permanente. A hipótese construída é que existe uma provável lacuna na formação profissional em torno de instrumentos teórico-conceituais e de orientação política para apreensão do debate sobre a homossexualidade feminina, e que esta lacuna se expressa em uma tímida abordagem sobre a questão na categoria profissional. Apresentamos a analise acerca dos currículos das Universidades Públicas do Estado do Rio de janeiro no que tange a disciplinas que expressam o debate gênero, sexualidade e homossexualidade, e um mapeamento dos grupos de pesquisa existentes em torno da temática a nível nacional. Destacamos que historicamente a sexualidade humana, e mesmo as relações sociais entre os sexos, não se configuram em um campo de estudos do Serviço Social, onde apenas em finais da década de 1980 e a partir da revisão curricular de 1996 (ABEPSS) tais questões emergem mais fortemente como pauta de debate para a categoria. Esta pesquisa visa contribuir com para a reflexão de uma nova sociabilidade em torno das relações sociais entre os sexos e das sexualidades e mesmo para a maior visibilidade das questões das mulheres lésbicas no seio da profissão.
metadata.dc.description.abstractother: The aim of this work is to analyze if it occurs nowadays an approximation of thematic female homosexuality in vocational training, reflecting on the issues around gender and sexuality as probable fields of study for social workers and front to present dilemmas in the formation understood here as an ongoing process. The built hypothesis is that there is a probable gap in training around theoretical and conceptual tools and policy guidance to arrest the debate on female homosexuality, and that this failure is expressed in a timid approach to the question in the professional category. Here is the analysis about the curricula of state public universities of Rio de Janeiro regarding the subjects expressing the gender debate, sexuality and homosexuality, and a mapping of existing research groups around the theme at the national level. We emphasize that historically human sexuality, and even social relations between the sexes, not depicted in a field of social work studies, where only in the late 1980s and from the curriculum revision 1996 (ABEPSS) such questions emerge more strongly as the agenda of debate for the category. This research aims to contribute to the reflection of a new sociability around the social relations between the sexes and sexualities and even to the greater visibility of issues of lesbian women within the profession.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11063
Appears in Collections:PPGSSDR - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabrielle Ferreira - Dissertação Versão Final (1) (3).pdf1.62 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons