Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11192
Title: A promoção da saúde com adolescentes do ensino fundamental ciclo II
Authors: Velozo, Filipe da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Mascarenhas, Mônica Tereza Machado
metadata.dc.contributor.advisorco: Giordani, Fabiola
metadata.dc.contributor.members: Mascarenhas, Mônica Tereza Machado
Giordani, Fabíola
Wong Un, Júlio Alberto
Tavares, Maria de Fátima Lobato
Berger, Sônia Maria Dantas
Issue Date: 2019
Citation: VELOZO, Filipe da Silva. A promoção da saúde com adolescentes do ensino fundamental ciclo II. 2019. 124 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: Introdução: O ritmo de crescimento da população de adolescentes no Brasil está reduzindo. Estima-se que em 2040 haverá uma redução de aproximadamente 14% de seu quantitativo. Apesar dos dados, os adolescentes, ainda que representem baixa demanda nos serviços de saúde, são merecedores de uma atenção especial por serem a população mais exposta às vulnerabilidades. A Promoção da Saúde desses adolescentes não deve restringir-se ao setor saúde. Objetivo Geral: analisar se ações pautadas na Promoção da Saúde em consonância com as metodologias ativas de ensino, influenciam na vida e saúde dos adolescentes integrantes do Programa Acelera do ensino fundamental ciclo II em uma escola de caráter público do município do Rio de Janeiro. Objetivos específicos: 1) Caracterizar os alunos da escola e os seus contextos sociais. 2) Desenvolver a Promoção da Saúde em consonância com metodologias ativas de ensino na escola. Metodologia: Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa. Para coligir informações, durante as duas primeiras semanas de pesquisa, sucedeu-se uma observação participante. Fora concretizado dois grupos focais, um em cada turma do Programa Acelera. Consecutivamente, com todos 60 alunos de ambas as turmas, realizou-se Oficinas de Promoção da Saúde em consonância com as metodologias ativas, com base nas temáticas: participação, alimentação, violência e paz, atividade física, meio ambiente, sexualidade e saúde. Após a intervenção, repetiu-se os grupos focais. Os dados obtidos foram transcritos e analisados com base na técnica de análise de conteúdo temática proposta por Bardin. Resultados: grande parte dos adolescentes relacionam a saúde com a ausência de doenças e a Promoção da Saúde, com hábitos saudáveis. Ademais, somente profissionais de saúde que trabalham em hospitais seriam capazes de promove-la. As oficinas foram coerentes por proporcionarem aos adolescentes um novo paradigma acerca desses conceitos. Ao término, notou-se na maioria dos adolescentes, o desenvolvimento de sua autonomia, o compromisso com a defesa da saúde, a adoção de escolhas que os conduzam a uma saúde melhor e a compreensão dos serviços disponíveis para a sua garantia. Conclusões: existem possibilidades metodológicas de ensino que colocam o aluno no centro da aprendizagem, tornando-o protagonista do seu próprio conhecimento. A falta de flexibilidade curricular, não inviabiliza a inclusão dos temas transversais e o protagonismo da Promoção da Saúde. A mediação entre os atores envolvidos ao cotidiano escolar, bem como a capacitação dos adolescentes e sua participação ativa, são práticas inestimáveis à Promoção da Saúde
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The growth rate of Brazilian teen population is decreasing. It is estimated that in 2040 there will be a reduction of approximately 14% of its quantitative. Despite the data, teenagers, even though they represent a low demand in health services, deserve special attention because they are the most exposed to vulnerabilities. The Health Promotion of these adolescents should not be restricted to health sector. General Objective: To analyze factions based on Health Promotion in accordance with active teaching methodologies influence the life and health of the teenagers who are part of the Acceleration Program of high school in a public school of the city of Rio de Janeiro. Specific objectives: 1) To characterize students from schools and their social contexts. 2) Develop Health Promotion based on active teaching methodologies in school. Methodology: This is a study with a qualitative approach. In order to gather information, during the first two weeks of research, an observation has occurred. Subsequently, two focal groups, one in each class of the Acceleration Program, had been implemented. After, with 60 students from both classes, Health Promotion Workshops were carried out in accordance with the active methodologies, based on the subjects: participation, food, violence and peace, physical activity, environment, sexuality and health. After the intervention, groups were repeated. The obtained data were transcribed and analyzed based on the thematic content analysis technique proposed by Bardin. Results: Most teenagers compare health to the absence of diseases and Health Promotion with healthy habits. In addition, only healthy professionals who work in hospitals would be able to promote it. The workshops were consistent in providing teenagers with a new paradigm on these concepts. In the end, most of teenagers were aware of the development of their autonomy, engagement to health protection, adoption of choices that lead to better health and an understanding of these services available for their guarantee. Conclusions: There are methodological possibilities of teaching which let all students at the center of learning, making them the protagonist of their own knowledge. The lack of curricular flexibility does not impede the inclusion and the protagonism of the Health Promotion. The mediation between the actors involved in school daily life, as well as the capacity of teenagers and their active participation, are no valuable practices for Health Promotion
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11192
Appears in Collections:PPGSC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FILIPE DA SILVA VELOZO DISSERTAÇÃO.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons