Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11266
Title: Sistematização da assistência de enfermagem nos bancos de leite humano do Estado do Espírito Santo: saberes dos enfermeiros
Authors: Marchiori, Giovanna Rosario Soanno
metadata.dc.contributor.advisor: Alves, Valdecyr Herdy
metadata.dc.contributor.members: Alves, Valdecyr Herdy
Silva, Danielle Aparecida da
Cursino, Emilia Gallindo
Aguiar
Issue Date: 2015
Citation: MARCHIORI, Giovanna Rosario Soanno. Sistematização da assistência de enfermagem nos bancos de leite humano do Estado do Espírito Santo: saberes dos enfermeiros. 2015. 108 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Materno-Infantil) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2015.
Abstract: Introdução: A importância da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) nos Bancos de Leite Humano (BLH), sob a ótica dos saberes dos enfermeiros, foi o objeto deste estudo. A SAE vem organizar os serviços de enfermagem, trazendo credibilidade e segurança entre a relação equipe-paciente porque utiliza o processo de enfermagem como ferramenta, e tem sustentação em uma ou mais teorias de Enfermagem. A questão norteadora foi a seguinte: Quais são os saberes do enfermeiro acerca da SAE por ele utilizados no espaço do BLH? Objetivos: Identificar os saberes do enfermeiro sobre a SAE com vistas à sua utilização no BLH; Analisar a aplicação dos saberes do enfermeiro em SAE no espaço do Banco de Leite Humano. O estudo contribui com a adequação do ensino oferecido, na pesquisa, e em relação à assistência prestada nos BLH. Tomaram-se por base os trabalhos de Wanda de Aguiar Horta (1979), Brasil (2008) e Meire C. Tannure e Ana M. Pinheiro (2010). Metodologia: Este estudo traz a perspectiva descritiva, exploratória e qualitativa, a partir dos discursos dos enfermeiros e seus saberes no campo da SAE no espaço do BLH. Os dados coletados foram submetidos à análise de conteúdo na modalidade temática, com base em Laurence Bardin (2010), mediante roteiro de entrevista semiestruturado, tendo como participantes nove enfermeiras atuantes nos sete Bancos de Leite Humano do Estado do Espírito Santo. A pesquisa foi aprovada pelo CEP/FM/HUAP/UFF através do CAEE nº 27224214.9.0000.5243. Resultados: Na primeira categoria, o Processo de Enfermagem pode ser considerado um organizador dos trabalhos nos espaços do BLH. Na segunda categoria não foi possível identificar um termo padrão ou recorrente nas falas das entrevistadas, elencando-se duas categorias analíticas: A Organização do Processo de Enfermagem nos espaços do BLH; e O conhecimento como pressuposto para o cotidiano da SAE em BLH. Apresenta-se, ainda, uma proposta de um instrumento de processo de enfermagem para efetivação da SAE no BLH. Conclusões: A importância de sistematizar a assistência de enfermagem nos BLH fica em evidência após a análise e a discussão dos dados. O espaço de atuação do enfermeiro restringe-se a uma automação de procedimentos. Os saberes das enfermeiras sobre a SAE no BLH podem ser considerados fragmentados, ficando em segundo plano quando expostos aos saberes contidos no Manual Técnico e Normas do BLH. Os saberes dos enfermeiros quanto aos aspectos da SAE no BLH, podem ser considerados pulverizados nas diferentes frentes de atuação ao longo de sua permanência nesse espaço especializado
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The importance of systematization of Nursing Care (SNC) in Human Milk Banks (HMB), from the perspective of knowledge of nurses, was the object of this study. The SNC is organizing nursing services, bringing credibility and safety among the staff-patient relationship because it utilizes the nursing process as a tool, and has support in one or more theories of nursing. The guiding question was: What are the nurse's knowledge about the SAE used by him in the space of HMB? Objectives: To identify the nurses' knowledge about the Systematization of Nursing Care with a view to their use in HMB; Analyze the application of nursing knowledge in Systematization of Nursing Care within the Human Milk Bank. The study contributes to the adequacy of the education provided, research, and for the assistance at HMB. They took as a basis the work of Wanda de Aguiar Horta (1979), Brazil (2008) and Meire Tannure C. and Anna M. Pinheiro (2010). Methodology: This study provides a descriptive perspective, exploratory and qualitative, from the speeches of nurses and their knowledge in the field of SNC in the space of HMB. The data collected were subjected to content analysis in the thematic mode based on Laurence Bardin (2010), through semi-structured interview guide, with the participants nine nurses who work in the seven human milk banks in the state of Espirito Santo. The study was approved by the CEP / FM / HUAP / UFF through CAEE No 27224214.9.0000.5243. Results: In the first category, the Nursing Process can be considered an organizer of the work in the spaces of the Human Milk Bank. In the second category it was not possible to identify a standard term or recurring in the words of the interviewees, listing up in two analytical categories: The Organization of the Nursing Process in the spaces of the Human Milk Bank; and Knowledge as a precondition for the daily life of systematization of nursing care in Human Milk Bank. It presents also a proposal for a nursing process tool for execution of the SNC in HMB. Conclusions: The importance of systematizing nursing care in human milk banks is highlighted after the analysis and discussion of the data. Nurses' work space is restricted to an automation procedures. The knowledge of nurses on the SNC in HMB can be considered fragmented, staying in the background when exposed to the knowledge contained in the Technical Manual and HMB Rules. The knowledge of nurses in the matters of SNC in HMB can be considered sprayed on different fronts throughout his stay in this specialized area
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11266
Appears in Collections:MESP-MI - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GIOVANNA ROSARIO SOANNO MARCHIORI DISSERTAÇÃO.pdf5.65 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons