Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11315
Title: Uso de Tooth Mousse em manchas brancas ativas durante o tratamento ortodôntico: uma nova tecnologia de prevenção
Authors: Silva, Lecine Borzino da
metadata.dc.contributor.advisor: Corvino, Marcos Paulo Fonseca
Issue Date: 2016
Abstract: O objetivo do estudo foi analisar clinicamente o efeito do fosfato de cálcio fluoreto com caseína (CPP-ACFP), Tooth Mousse sobre a remineralização de lesões de manchas brancas ativas, avaliadas clinicamente (critério Nyvad) em pacientes ortodônticos, com escores ativos brancos. Durante o tratamento ortodôntico, 12 pacientes com 134 lesões de mancha branca, utilizando critérios de Nyvad (Kappa: inter examinador = 98,1% e Kappa intra examinador = 96,9%, foram avaliados no início do estudo, um mês, três meses, seis meses e um ano. Escore Nyvad 1 = 112 faces (83,6%); 2 = 14 faces (10,4%); 3 = 6 faces (4,5%); 5 = 2 faces (1,5%). As manchas brancas ativas foram mais freqüentes no escore 1, quando comparadas os escores 2,3 e 5, significantes em 1%. Os pacientes foram orientados a aplicar o mousse nos dentes com manchas brancas ativas antes de ir dormir, da seguinte forma: após escovar os dentes, aplicar o mousse dentário sobre as MB durante 3 minutos com uma ponta de algodão; após isso, passar em todos os dentes, durante 3 minutos e expectorar, mas não lavar. Fazer a aplicação durante quatro semanas. Escore Nyvad 1 = 112 faces (83,6%); 2 = 14 faces (10,4%); 3 = 6 faces (4,5%); 5 = 2 faces (1,5%). As manchas brancas ativas foram mais frequentes no escore 1, quando comparadas os escores 2,3 e 5, significantes em 1%. O escore 2 apresentou diferenças significativas em relação ao escore 5. Os pacientes foram avaliados no início do estudo, três e um ano após o uso do tooth mousse nos dentes. Após três meses, das 134 lesões de mancha branca, a maioria delas, 123 (91,80%), se tornou inativas, enquanto que 11 permaneceram ativas (8,20%). Os escores obtidos após três meses permanecem estáveis até um ano de avaliação. O tooth mousse, utilizado topicamente em pacientes brasileiros, durante o tratamento ortodôntico, foi eficaz em remineralização de manchas brancas ao longo de um período de um ano.
metadata.dc.description.abstractother: The effects of casein phosphopeptide amorphous calcium fluoride phosphate (CPPACFP) paste on the remineralization of white spot lesions, evaluated clinically (Nyvad Index). The aim of the study was analyses clinically, the effect of Tooth Mouse in orthodontic patients with active white scores. During orthodontic treatment, 12 patients with 134 white spot lesions, using Nyvad criteria. The patients were oriented to apply tooth mouse before going to sleep, after brushing the teeth, with a clean dry finger or cotton tip and leaved for 3 minutes and expectorate but not washed.The Patients were reexamend at three and six months after the mouse use of tooth mosse. Nyvad Scores 1:112 faces (83,6%); 2 = 14 faces (10,4%); 3 = 6 faces (4,5%); 5 = 2 faces (1,5%). The active white spots, were more frequent in score 1, when compared to scores 2,3 and 5, significant at 1%. Score 2, had significative differences towards score 5. Score 2, had significative differences towards score 5. After three month, from the 134 white spot lesions, the majority of them inactivated 112 (83,60%), became inactive, while 22 remain active. The scores achieved after three month remain stable till one year evaluation. Tooth mouse, used topically in Brazilian patients, during orthodontic treatment, was effective in remineralizing white spots over one year period.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11315
Appears in Collections:PPGO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Lecine Borzino.pdf327.13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.