Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11348
Title: Cartografia Social e Geografia a serviço de outros mundos: um estudo sobre os povos e comunidades tradicionais da baía da Ilha Grande
Authors: Gouveia, Matheus
metadata.dc.contributor.advisor: Cirqueira, Diogo Marçal
metadata.dc.contributor.members: Gonçalves, Carlos Walter Porto
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Gouveia, Matheus. Cartografia Social e Geografia a serviço de outros mundos: um estudo sobre os povos e comunidades tradicionais da baía da Ilha Grande. 2018. 77f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia)-Instituto de Educação de Angra dos Reis, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: Partindo de uma perspectiva decolonial, este trabalho propõe uma abordagem geográfica sobre os processos que envolvem a produção e o uso dos mapas, bem como, suas relações com o ensino da Geografia e os povos e comunidades tradicionais. Apresenta uma breve discussão sobre a trajetória dos conhecimentos geográficos até encontrarem sua sistematização e ressalta a substancial influência do contexto político, econômico e territorial, experimentado na época por algumas nações europeias. Abordaremos a relevância política dos mapas e todos os processos que o envolvem, assim como, uma retomada histórica da participação fundamental da cartografia para a expansão do imperialismo europeu. Ressaltando algumas marcas produzidas durante este período, entendemos que a Cartografia Social pode funcionar como uma importante alternativa epistêmica, metodológica e pedagógica, além de um instrumento de luta, resistência e identidade. Expomos aqui, por meio da geografia, uma possibilidade de alteração no curso dos processos de produção dos mapas, sobretudo a partir das comunidades em que o território é primordial para sua existência. Compreendemos que a colonialidade presente tanto na Geografia, quanto nos processos cartográficos, devam ser superadas para que seja possível assegurar os direitos previstos para os povos e comunidades tradicionais. Trazemos, então, a análise de duas experiências realizadas no município de Paraty-RJ por entender que explicitam as possibilidades trazidas pela Cartografia Social dentro do contexto educacional. Por fim, apresentamos a criação de uma ferramenta digital que contribua para o acesso, veiculação, divulgação e uso de mapas produtos de Cartografias Sociais.
metadata.dc.description.abstractother: With a decolonial perspective, this monographic work proposes a geographical approach on the processes that involve the production and use of the maps as well as their relation with the Geography teaching and the traditional peoples and communities. It presents a brief discussion about the trajectory of the geographic knowledge until finding its systematization. We emphasize the substantial influence of the political, economic and territorial context experienced at the time by some European nations. We will approach the political relevance of the maps and all the processes that involve it, as well as a historical resumption of the fundamental participation of cartography for the expansion of European imperialism. Highlighting some of the marks produced during this period, we understand that Social Cartography can function as an important epistemic, methodological and pedagogical alternative, as well as an instrument of struggle, resistance and identity. We show here, through geography, a possibility of alteration in the course of map production processes, especially in those communities where the territory is primordial to existence. We understand that the coloniality present in both Geography and cartographic processes must be overcome in order to ensure the rights foreseen for traditional peoples and communities. We then present two experiments carried out in the city of Paraty-RJ, to understand that they explain the possibilities brought by Social Cartography within the educational context. Finally, we present the creation of a digital tool that contributes to the access, placement, dissemination and use of maps of Social Cartography products.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11348
Appears in Collections:SGR - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Gouveia_2018.pdf2.39 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons