Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11450
Title: A (des)confiança na polícia: uma comparação entre a relação do Ministério Público e a polícia no Brasil e na França
Other Titles: Distrust in the police A comparison between the relationship between the Public Ministry and the police in Brazil and France
Authors: Geraldo, Pedro Heitor Barros
Barçante, Luiza Felix de Souza
Issue Date: 2017
Citation: GERALDO, Pedro Heitor Barros; BARÇANTE, Luiza Felix de Souza. A (des) confiança na polícia: Uma comparação entre a relação do Ministério Público e a polícia no Brasil e na França. Civitas-Revista de Ciências Sociais, v. 17, n. 1, p. 159-176, jan.-abr. 2017
metadata.dc.relation.ispartof: Civitas, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 159-176, jan.-abr. 2017
Abstract: Este trabalho busca analisar a relação entre a polícia e o Ministério Público no Brasil e na França, através da comparação entre duas pesquisas de campo, contrastando seus dados. No caso brasileiro, trata-se de uma pesquisa de campo sobre a organização do trabalho realizado nos gabinetes da Procuradoria de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Compara-se ela com outra pesquisa em que foi feita a observação de audiências criminais em diferentes fóruns do sudeste francês. Assim, procura-se compreender como estas instituições têm sentidos diversos nesses países, explicitando como a transparência e a cooperação na administração da justiça produzem a confiança entre os atores no caso francês ao passo que a opacidade das formas de produção dos pareceres e a disputa institucional pelo controle sobre os fatos caracteriza tal relação no caso brasileiro
metadata.dc.description.abstractother: This paper seeks to analyze the relationship between the police and prosecutors in Brazil and France, through the comparison of two field surveys, contrasting their data. In Brazil, it is a field research on the organization of work in the office at the Prosecutor's Office of the State of Rio de Janeiro. The other research was the observation of criminal hearings in different forums of the French southeast. So we seek to understand how these institutions have different meanings in these countries: transparency and cooperation in the administration of justice produce trust between the actors in the French case whereas the opacity of the forms of production of opinions and institutional dispute for control over the facts characterized this relationship in the Brazilian case
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11450
Appears in Collections:NEPEAC - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
24378-111538-2-PB.pdf400.92 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons