Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11467
Title: Análise comparativa entre ligas CRA e suas aplicações em óleo e gás
Authors: Vilela, Vitor de Lima Siqueira
metadata.dc.contributor.advisor: Tavares, Sérgio Souto Maior
metadata.dc.contributor.members: Garcia, Pedro Soucasaux Pires
Almeida, Brigida Bastos de
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Na indústria de óleo e gás, principalmente no ambiente de produção offshore, desafios referentes aos materiais usados nos equipamentos surgem frequentemente em razão das grandes profundidades alcançadas e em razão da alta complexidade do produto em questão, o petróleo. Sua extração e produção requerem cuidados especiais acerca da resistência à meios agressivos quimicamente sem abrir mão da resistência mecânica dos materiais convencionais. Um desafio a ser vencido nessa interação entre fluido de produção e os materiais dos equipamentos é a corrosão, que surge em suas mais variadas formas. Técnicas de combate aos fatores que fomentam esse fenômeno são utilizadas, com destaque para a seleção de ligas resistentes à corrosão (Corrosion Resistant Alloys), por exemplo para atender as recentes descobertas jazidas de petróleo do pré-sal em 2006. Materiais nobres com alto teor de adição de elementos de liga, como os aços inoxidáveis superduplex SAF 2507 (UNS S32750) e a superliga de níquel Inconel 718 (UNS N07718) são amplamente utilizados em meios altamente suscetíveis à corrosão. Embora esses materiais estejam em primeiro lugar nas seleções de projeto, sujeitos a normas API, requisitos de clientes, diversas linhas de pesquisa estão sendo desenvolvidas para substituir materiais altamente ligados por soluções mais economicamente viáveis. O presente trabalho tem por objetivo realizar levantamento sobre o estado da arte acerca desses materiais utilizados na indústria de óleo e gás, suas aplicações e limitações. Ao final deste trabalho, será possível entender que uma solução híbrida entre as ligas comercialmente mais rentáveis e as ligas nobres, é uma das soluções para aplicações em ambientes corrosivos.
metadata.dc.description.abstractother: In the oil and gas industry, especially in the offshore production environment, challenges related to the materials used in the equipment often arise due to the great depths reached along with the complexity of the product itself, crude oil. Its extraction and production requires special cares regarding aggressive chemical environments alongside with conventional materials' mechanical resistance. A challenge to be overcame on this interaction between production fluid and equipment materials is corrosion, which arises in its most varied forms. Techniques to combat the factors that foment this phenomenon are used, with emphasis on the selection of corrosion resistant alloys, for example to meet the needs of the recent pre-salt oil fields discovery in 2006. Noble materials with high alloying elements additions, like the superduplex stainless steel SAF 2507 (UNS S32750) and the nickel superalloy Inconel 718 (UNS N07718) are widely used on highly corrosion susceptible environments. Even though these materials are the firsts to be selected on project engineering, meeting standards requirements as API, client needs, many researches are being developed to replace highly alloyed materials for more economically viable solutions. The present work has the purpose of researching the state of the art regarding the use of these materials on oil and gas industry, its applications and its restrictions. By the end of this dissertation, a hybrid solution between commercially rentable alloys and more noble alloys will come across as one of the solutions for applications on corrosive environments.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11467
Appears in Collections:TGM - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_Vitor_Vilela_Revisado_Banca_Sem_Assinaturas - Vitor De Lima Siqueira Vilela.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.