Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1161
Title: Vinho: um produto com poder de atração turística
Authors: Torres, Raíssa Amorim
metadata.dc.contributor.advisor: Trentin, Fábia
metadata.dc.contributor.members: Mayer, Verônica Feder
Soares, Carlos Alberto Lidizia
Issue Date: 15-Dec-2015
Abstract: Este trabalho apresenta um breve histórico do turismo como forma de contextualizar sua evolução que culmina em novas tendências. O comportamento da sociedade evoluiu determinando o surgimento de diferenciadas formas de consumo e necessidades dos indivíduos. Para atender essas novas tendências, o mercado tem se modificado e aprimorado suas técnicas de formação da oferta. Neste contexto, a segmentação de mercado tem papel fundamental de adaptar os produtos às crescentes necessidades da demanda. O surgimento dessas novas tendências de consumo tem como conseqüência o lançamento de novos produtos e diferenciados roteiros, como o turismo rural, o ecoturismo, o turismo de pesca e o enoturismo. Este último é aprofundado nesse trabalho de conclusão de curso com o objetivo de identificar o potencial para o desenvolvimento do enoturismo no Brasil, atividade que necessita de incentivo, tanto da iniciativa privada quanto da pública, além de divulgação no mercado interno. Como forma de contextualizar a atividade enoturística no mercado mundial, é relatado o histórico do vinho no mundo e no Brasil, uma vez que a atividade está diretamente relacionada à bebida. Além disso, o trabalho demonstra o panorama da atividade em algumas áreas produtoras de vinho no mundo, já consolidadas na atividade, e apresenta a China como novo mercado promissor. Em relação ao Brasil, são estudados os meios pelos quais algumas regiões produtoras da bebida estão utilizando os princípios do enoturismo e é apresentado o panorama da atividade. Por último, são apresentados alguns fatores base para o desenvolvimento da atividade no país: as políticas públicas, a oferta de roteiros nacionais especializados, a tendência de consumo e de interesse do brasileiro pela bebida nos próximos anos. Para tanto, é utilizada uma pesquisa bibliográfica de natureza exploratória e uma pesquisa nos websites das operadoras de turismo filiadas à Associação Brasileiras das Operadoras de Turismo. Ao fim, conclui-se que, o enoturismo já é uma atividade conhecida no Brasil, mas que por ser novidade no mercado, necessita de divulgação, de planejamento e estudo, além de políticas públicas que a conduzam à geração de renda não só para a iniciativa privada, mas também para as comunidades em que a atividade ocorre.
metadata.dc.description.abstractother: The present study it presents a brief historical of the tourism as form to demonstrate its evolution that culminates in new trends and activities. The behavior of the society evolved determining the sprouting of differentiated forms of consumption and necessities of the individuals. To take care of these new trends, the market has if modified and improved its techniques of formation of offer. In this context, the market segmentation has basic paper to adapt the products to the increasing necessities of the demand. The sprouting of these new trends of consumption has as consequence the launching of new products and differentiated scripts, as the agricultural tourism, the ecotourism, the tourism of fishes and the enotourism. This last one is deepened this work of conclusion of course with the objective to identify the potential for the development of the enotourism in Brazil, activity that needs incentive, as much of the private initiative how much of the public, beyond spreading in the market of the country. As form of contextualize the enotouristic activity in the world-wide market, the description of the wine in the world and Brazil is told, a time that the activity directly is related to the drink. Moreover, the work demonstrates the panorama of the activity in some producing areas of wine in the world, already consolidated in the activity, and presents China as new promising market. In relation to Brazil, the ways are studied for which some producing regions of the drink are using the principles of the enotourism and are presented the panorama of the activity. Finally, some factors are presented base for the development of the activity in the country: the public politics, offer of specialized national scripts, the trend of consumption and interest of the Brazilian for the drink in the next years. For in such a way, it is used a bibliographical research of exploratory nature and a research in the websites of the signed operators of Brazilian tourism to the Association of the Operators of Tourism. To the end, the enotourism is concluded that, already is an activity known in Brazil, but that for being newness in the market, it needs spreading, planning and study, beyond public politics that not only lead it to the generation of income for the private initiative, but also for the communities where the activity occurs.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1161
Appears in Collections:SGT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
76 - Raissa Torres.pdf412.13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.