Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11665
Title: A modalidade deôntica em construções completivas subjetivas com ser + nome
Authors: Wiedemer, Dayane Alves
metadata.dc.contributor.advisor: Dias, Nilza Barrozo
metadata.dc.contributor.members: Abraçado, Jussara Almeida
Vieira, Marcia dos Santos Machado
Issue Date: 8-Oct-2019
Abstract: Esta dissertação tem por objetivo a análise dos graus de modalidade deôntica, presentes na oração matriz constituída de verbo ser + predicativo (preciso, necessário, obrigatório) nas construções completivas subjetivas. A modalidade, no geral, deriva da função interpessoal da linguagem (HALLIDAY, 1970), além disso, é definida como modo pelo qual o significado de uma frase é qualificado de forma a refletir o julgamento do falante sobre a probabilidade de ser verdadeira a proposição por ele expressa (QUIRK, 1985). A modalidade deôntica se encontra no domínio da conduta e do dever e está relacionada aos valores de obrigação e permissão. Os valores de obrigação, interesse de nosso trabalho, podem variar entre: (i) moral, interna e ditada pela consciência; (ii) material, externa, ditada por imposição de circunstâncias (ALMEIDA, 1980, NEVES, 1996, 2010); ou, ainda, (iii) de necessidade (ALMEIDA, 1980, GUIRALDELLI; SANTOS, 2010; ALVES WIEDEMER, 2016). Temos como objetivo avaliar os graus de modalidade deôntica e sua relação com os tipos semânticos verbais da oração completiva subjetiva, além disso, verificamos também o processo de perspectivação conceptual presente na construção impessoal. Para compor o corpus de análise, foram coletados dados de discursos e debates feitos por deputados na Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) durante o ano de 2017. A escolha deve-se ao forte teor argumentativo, pois propiciam a busca pelo convencimento do outro sobre alguma ideia, desta forma, há a tentativa de influenciá-lo e transformar seus valores, seja refutando, seja atestando uma posição (BRÄKLING, 2000). A análise se apoia nos pressupostos teóricos do Funcionalismo e da Linguística Cognitiva (SILVA, 1997, 2001, ACHARD, 1998, LANGACKER, 1990, TRAUGOTT, 2010, VESTERINEN, 2006, 2012, entre outros). Pudemos comprovar que há preferência de uso do predicativo preciso, seguido do necessário e nenhuma ocorrência de obrigatório. Há também maior número de ocorrências da obrigação material, seguido de necessidade e menor uso de obrigação interna. Verificamos também que os graus de subjetividade variam de acordo com o modo verbal e com o preenchimento do sujeito da oração completiva
metadata.dc.description.abstractother: This master’s thesis aims to analyze the degrees of deontic modality, present in the sentence matrix consisting of the verb ser + predicative (preciso, necessário, obrigatório) in subjective completive constructs. The modality, in general, derives from the interpersonal function of language (HALLIDAY, 1970), moreover, it is defined as the way in which the meaning of a sentence is qualified to reflect the judgment of the speaker on the probability of being true the proposition which he expresses (Quirk, 1985). The deontic modality is in the domain of conduct and duty and is related to the values of obligation and permission. The values of obligation, which are of interest of our work, can vary between: (i) moral, internal and dictated by the conscience; (ii) material, external, dictated by imposition of circumstances (ALMEIDA, 1980, NEVES, 1996, 2010); or (iii) of necessity (ALMEIDA, 1980, GUIRALDELLI; SANTOS, 2010; ALVES WIEDEMER, 2016). We aim to evaluate the degrees of deontic modality and its relation to the verbal semantic types of subjective completive sentence, in addition, we also verify the conceptual perspective process present in the impersonal construction. In order to compose the corpus of analysis, data were collected from speeches and debates made by deputies in the Alerj (Legislative Assembly of the State of Rio de Janeiro) during the year 2017. The choice is due to the strong argumentative content, as it promotes the search for convincing the other about some idea, in this way, there is the attempt to influence other people and to transform their values, either refuting or attesting a position (BRÄKLING, 2000). The analysis is based on the theoretical assumptions of Functionalism and Cognitive Linguistics (SILVA, 1997, 2001, ACHARD, 1998, LANGACKER, 1990, TRAUGOTT, 2010, VESTERINEN, 2006, 2012, among others). We could verify that there is preference of use of the predicative preciso, followed of necessário and no occurrence of obrigatório. There is also a greater number of occurrences of the material obligation, followed by necessity and less use of internal obligation. We also verify that the degrees of subjectivity vary according to the verbal mood and the filling of the subject of the completive sentence
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11665
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Dayane_Wiedemer.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.