Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1169
Title: Manual de orientações e cuidados básicos de enfermagem a partir da complexidade de situações problema de clientes com encefalopatia crônica
Authors: Pereira, Patrícia Osório
metadata.dc.contributor.advisor: Queluci, Gisella de Carvalho
metadata.dc.contributor.members: Guimarães, Tereza Cristina Felippe
Brum, Ana Karine Ramos
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Pereira, Patrícia Osório. Manual de orientações e cuidados básicos de enfermagem a partir da complexidade de situações problema de clientes com encefalopatia crônica. 2014. 144 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial)-Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014
Abstract: A Encefalopatia Crônica não Progressiva da Infância, também conhecida como Paralisia Cerebral, é uma doença não evolutiva que ocasiona sequelas osteomusculares e um progressivo aparecimento de deficiências. O objetivo geral deste estudo é a elaboração de um manual de orientações e cuidados de enfermagem a partir da complexidade de situações problema de clientes com encefalopatia crônica. Os objetivos específicos são: identificar as situações problema dos clientes com encefalopatia crônica hospitalizados; classificar os graus de complexidade menor, média e maior das situações problema de acordo com as enfermeiras (os) peritas (os); e analisar o grau de complexidade das situações problema a partir da Teoria de Virgínia Henderson. O referencial teórico usado foi Virgínia Henderson. Método: estudo descritivo com abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso. Para a coleta de dados foram utilizados como fonte primária 40 prontuários de clientes internados em uma instituição especializada. Participaram quatro enfermeiras peritas que classificaram as situações problema de acordo com os graus de complexidade menor, médio ou maior. Na análise de dados foi utilizada a análise de conteúdo de Bardin. Resultados: das 40 SP observadas, 22 (55%) foram classificadas como de maior complexidade, 10 (25%) como de média complexidade e 08 (20%) como de menor complexidade. Observamos que mesmo as situações problema de menor complexidade têm certa dependência da enfermagem. O principal aspecto a ser levado em conta não é identificar apenas um cuidado de enfermagem isolado, mas o conjunto de elementos / aspectos no contexto da situação problema. Discussão: Existe a necessidade de buscar a individualidade na história de cada pessoa, visando compreender suas especificidades de cuidado e, como consequência, poder delinear suas reais demandas, uma vez que ainda despontam dificuldades em determinar condutas adequadas a essa clientela. Conclusão: O manual como produto desta pesquisa foi construído a partir de um único cenário, entretanto abre reflexões da aplicação do modelo de cuidados para as doenças crônicas em geral, não se limitando somente às com encefalopatia crônica. Ele também fornece subsídios para um modelo assistencial, além de contribuir para uma melhor qualidade de vida desses clientes e uma inclusão dos mesmos na sociedade
metadata.dc.description.abstractother: Cerebral palsy is a term used to describe a permanent, non-progressive brain damage that causes motor disordes and progressive disabilites. The main goal of this study is to elaborate an orientation and nursing care manual taking into account the complexities of the problem situations faced by patients with cerebral palsy. The specific objetives are: identify problem situations of hospitalized patients; classify the degrees of complexity minor, medium or major according to the expert nurses; analyse the degrees of complexity of the problem situation according to Theory of Virginia Henderson. The theoretical reference used herein was Henderson's. Method: a descriptive study with quality approach; case study. In order to collect data, 40 medical records were used as primary source of patients hospitalized in a specialized institution. Four expert nurses participated classifying the problem situations according to the degrees of complexity minor, medium or major. Data were analysed through Bardin´s data analysis. Results: from the 40 problem situations analysed, 22 (55%) were classified as of major complex0ity, 10 (25%) as of medium complexity and 08 (20%) as of minor complexity. We note that even the problem situations of lower complexity have certain dependency on the nursing. The main aspect to be taken into account is not identifying a nursing care only, but the set of elements / aspects in the context of the problem situation. Debate: There's a need to seek individuality in the story of each person, aiming to understand their specificities in terms of care and, as a consequence, be able to outline their demands, since further difficulties emerge in determining the appropriate conduct for this type of patient. Conclusion: the manual, as a product of this research, was developed from a single scenario; nevertheless, it unfolds the debate regarding the expansion of the model of care for chronic diseases and disabilities in general, not limited to those with cerebral palsy. It also provides subsidies for healthy care model and contributes to a better quality of life for these patients and their inclusion in society
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1169
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Patrícia Osório Pereira.pdf891.93 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.