Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1181
Title: Mecanismos do Governo Federal e suas respectivas políticas públicas para o fomento do turismo social: repercussão do Programa Vai Brasil no município de Niteroi, Rio de Janeiro
Authors: Ormond, Fábricio da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Machado, Marcello de Barros Tomé
metadata.dc.contributor.members: Trentin, Fábia
Guimarães, Valéria Lima
Issue Date: 16-Dec-2015
Abstract: De acordo com as estatísticas da Organização Mundial do Turismo, há um grande contingente de pessoas que viajam no mundo. Isso demonstra que a atividade turística está mais popular do que nas décadas de 1950 e 1960. Mais popular, o turismo está mais acessível a classes sociais de baixa renda, criando a atmosfera ideal para o progresso de um novo tipo de turismo: o turismo social. Todavia, o turismo social é uma prática tão comum nos países ricos, mas no Brasil, equivale a uma utopia. Deste modo, a parceria entre o governo e a iniciativa privada consta como fundamental para o seu desenvolvimento. A propósito, políticas públicas são necessárias a fim de viabilizar o fomento do turismo social. Porém, apenas no Governo Lula, formulou-se um programa para incentivá-lo, denominado Programa Vai Brasil. Contudo, este programa público não obteve bons resultados. A análise foi feita na cidade de Niterói e comprova que o Programa Vai Brasil não é do conhecimento da população niteroiense. Assim, 100 moradores foram entrevistados e três agências de viagens foram interrogadas. Verificou-se, portanto, que nenhum entrevistado consumiu produtos do Programa Vai Brasil e nenhuma agência de viagens vendeu pacote turístico algum através deste Programa. Então, o objetivo do trabalho compõe-se em mostrar a repercussão do Programa Vai Brasil em Niterói e identificar os motivos dos resultados negativos.
metadata.dc.description.abstractother: According statistics from World Tourism Organization, there are a lot of people traveling in the world. It demonstrates that the touring activity is more popular than in 1950’s and 1960’s. More popular, the tourism is more accessible to social classes with low income, creating the ideal atmosphere to the progress of new kind of tourism: the social tourism. However, the social tourism is a practice so common on the rich countries, but in Brazil, it's a dream. Therefore, the partnership between government and private enterprise consist as fundamental to their development. By the way, public politics are necessaries to take viable the development of the social tourism. But, only in Lula’s Government, was formulated a public program to stimulate this kind of tourism, with the name Program Vai Brasil. Nevertheless, this public program not obtained good results. The analysis was made in Niterói city and proves which the Program Vai Brasil isn't of acquaintance for local population. Thus, 100 residents were interviewed and three travel agencies were questioned. It was checked, then, which nobody consumed products of Program Vai Brasil and none travel agency sold touristic package for this Program. So, the objective of work consist in to show the repercussion of Program Vai Brasil in Niterói and to identify the motives for negative results.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1181
Appears in Collections:SGT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
78 - Fabricio Ormond.pdf7.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.