Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11815
Title: O crédito direcionado no Brasil e as consequências para o regime de metas de inflação
Authors: Faria, Charles Antônio de Souza Medina
metadata.dc.contributor.advisor: Tostes, Felipe Santos
metadata.dc.contributor.members: Tostes, Felipe Santos
Ney, Vanuza da Silva Pereira
Silva, Breno Augusto da Silva e
Issue Date: 2019
Citation: FARIA, Charles Antônio de Souza Medina. O crédito direcionado no Brasil e as consequências para o regime de metas de inflação. 2019. 40 f. Trabalho final de curso (Bacharelado em Ciências Econômicas)--Universidade Federal Fluminense, Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional, Campos dos Goytacazes, 2019.
Abstract: A inflação até hoje gera preocupação nas gerações que a presenciaram nas décadas de 1980 e 1990, quando o país vivia o terror da hiperinflação. Solucionado o problema a partir do plano Real e após a implantação do Regime de Metas de Inflação em 1999, economistas se mantêm preocupados com um possível retorno da inflação e sempre analisam e buscam fatores e motivos para estancar sua volta. Um fator levado em voga é a chamada obstrução do canal crédito, que é um dos mecanismos de transmissão da política monetária. Esta obstrução seria ocasionada por um excesso ou significativo aumento do seguimento crédito direcionado. Esses recursos direcionados são voltados para crédito rural, empresarial e imobiliário, tanto para pessoas físicas, bem como para pessoas jurídicas. Por outro lado, o crédito direcionado pode ser um importante aliado na formatação de políticas públicas, como geração de renda, trabalho e incremento do PIB.Ao adotar a política de direcionamento do crédito o Bacen possivelmente diminui a eficiência da taxa básica de juros Selic, instrumento da política monetária para controlar a inflação, prejudicando o Regime de Metas de Inflação, obstruindo desta maneira o canal de transmissão da política monetária no que se refere ao canal crédito, com consequências na relação inflação e taxas de juros básica, SELIC. Diante desse quadro, para buscar respostas quanto a esta questão, serão abordados os aspectos do Regime de Metas de Inflação e como foi implantado no Brasil, canais de transmissão da política monetária e a obstrução no canal crédito, o crédito direcionado e seus tipos no Brasil, benefícios que o crédito direcionado trás e levantamento de dados sobre como o crédito direcionado influencia ou não na elevação ou queda das taxas de juros.Faz-se necessário levantamento sobre os tipos de crédito direcionado, citando no crédito rural seus quatro tipos, custeio, comercialização, investimento e industrialização. No habitacional é citado suas três vertentes, Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social, Sistema Financeiro Imobiliário e Sistema Financeiro de Habitação
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11815
Appears in Collections:GCE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Charles Antônio de Souza Medina Faria (2019), O crédito direcionado no Brasil e as consequências para o regime de metas de inflação.pdfCharles Antônio de Souza Medina Faria (2019), O crédito direcionado no Brasil e as consequências para o regime de metas de inflação622.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.