Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11827
Title: Avaliação da subpopulação celular CD8+ expandida durante a fase aguda da infecção por Trypanosoma cruzi após tratamento com benznidazol
Authors: Santos, Alessandro Marins dos
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Andréa Alice da
metadata.dc.contributor.advisorco: Olivieri, Bianca Perdigão
Almeida, Vinícius Cotta de
metadata.dc.contributor.members: Pinto, Luzia Maria de Oliveira
Vasconcelos, Zilton Farias Meira de
Vericimo, Mauricio Afonso
Issue Date: 2014
Citation: SANTOS, Alessandro Marins dos. Avaliação da subpopulação celular CD8+ expandida durante a fase aguda da infecção por Trypanosoma cruzi após tratamento com benznidazol. 2014. 58 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014.
Abstract: A infecção pelo Trypanosoma cruzi é sistêmica e induz importantes alterações em órgãos linfoides e na dinâmica de distribuição das subpopulações celulares envolvidas na resposta imunológica. Através do presente trabalho demonstramos que o modelo experimental utilizando camundongos C57BL/6 infectados pela cepa Y de Trypanosoma cruzi apresentou importantes alterações na distribuição linfocitária esplênica após tratamento com benznidazol (Bz). Através de análises por citometria de fluxo, constatamos que o grupo infectado (I) apresenta diminuição simultânea da frequência de células B, células T CD4+ e células T CD8+ em relação aos grupos normal (N) e infectado e tratado com Bz (IBz). Por outro lado, neste último, evidenciamos que o tratamento atenuou a diminuição de células T CD4+ e de células B ocasionada pela infecção e, mais importante, expandiu a subpopulação de células T CD8+. Nestas, detectamos menor estado de ativação recente frente ao grupo I, porém, ambos os grupos apresentaram menor frequência de células T CD8+CD44LowCD62L High e similar frequência de células T CD8+CD44LowCD62LHigh, em comparação ao grupo controle. A avaliação ex vivo da produção de IFN- por células T CD8 revelou que os grupos I e IBz apresentaram maior produção de IFN- em relação ao grupo N; entretanto, não houve diferença de produção de IFN- entre os grupos I e IBz. Em contraposição, após a separação de céluals T CD8+ e estimulação in vitro com anti-CD3 e anti-CD28 durante 36 horas, detectamos que as células dos animais do grupo IBz manifestaram maior produção de IFN- em relação aos outros grupos experimentais. A análise do perfil fenotípico de celulas T CD8 de animais dos grupos I e IBz revelou uma alta frequência de células T com baixa expressão da molécula CD8 (fenótipo CD8low) e, particularmente, dentro da subpopulação de células T CD8+ produtoras de IFN-. Nesse sentido, observamos um aumento importante da frequência de células T CD8Low dentro da subpopulação de linfócitos CD3+ no baço desses animais. Nossos resultados revelaram ainda que a subpopulação de células com fenótipo CD8+CD44LowCD62LHigh apresentam baixa frequência de células com o perfil CD8Low. É importante salientar que, embora a diminuição da expressão de CD8 (definida pela mediana da intensidade de fluorescência) tenha sido maior no grupo IBz quando comparado ao grupo I, não constatamos diferença na proporção de células CD8Low quando analisamos a partição entre CD8Low/CD8 nestes dois grupos. Visto que o potencial de resposta de células T CD8Low pode ser importante para o controle de infecções virais e parasitárias, a investigação do significado biológico/funcional da modulação negativa da molécula CD8 podem ser necessários para a efetiva compreensão da participação destas células na resposta imune antígeno específica
metadata.dc.description.abstractother: We present herein a Trypanosoma cruzi infection model focusing in changes of splenic lymphocyte distribution following benznidazol (Bz) treatment. Our evaluation indicates that the infected group (I) presents decrease in the relative frequency of B cells and both CD4+ and CD8+ T cells as compared with control group (N) and infected and Bz treated (IBZ) groups. Furthermore, we observed that treatment attenuated the decrease in CD4+ T cells and B cells caused by infection, and expanded the subpopulation of CD8+ T cells. This subset also showed decrease state of recent activation, as compared to group I, but both groups showed lower frequency of CD8+CD44LowCD62LHigh and similar frequency CD8+CD44LowCD62LHigh, when compared to N group. Ex vivo evaluation of IFN- by CD8 T cells revealed that either I and IBZ groups produced similarly increased levels compared to the control group N. In contrast, in vitro stimulation of CD8+ T cells from infected and Bz treated mice showed increased production of IFN- when compared to either control and infected groups. Interestingly, phenotypical analysis of of CD8+ T cells from I and IBz groups revealed a high frequency of low CD8-expressor cells. Moreover, we observed a significant increase in the frequency of CD8Low T cells within the splenic subpopulation of CD3+ lymphocytes from these animals. Our results also showed that a low frequency of CD8Low cells was found within the subset of effector/memory cells. Importantly, although the lowest CD8 expression (defined by median of fluorescence intensity) was seen in IBz group, no difference in the proportion of CD8Low/CD8 cells between these two groups. Since the potential of CD8Low T cells response may be important in the control of viral and parasitic infections, investigation of the biological/ functional significance of the negative modulation of the CD8 molecule may be required to effectively understand the role of these cells in antigen specific immune response
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11827
Appears in Collections:PPGPatol - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALESSANDRO MARINS DOS SANTOS DISSERTAÇÃO.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons