Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1184
Title: Turismo e lazer na terceira idade: uma interface possível
Authors: Guedes, Bruna dos Reis Monteiro
metadata.dc.contributor.advisor: Aguiar, Felipe Rocha de
metadata.dc.contributor.members: Costa, Simone Dantas
Fratucci, Aguinaldo Cesar
Issue Date: 16-Dec-2015
Abstract: Um quadro de crescimento contínuo da terceira idade tem sido constatado ao longo dos anos, em nível mundial. O Brasil segue esta tendência e é estimado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE – que nos próximos 20 anos a população idosa chegará próximo a 13% da população brasileira, o que corresponde aproximadamente a 30 milhões de pessoas. Para minimizar os riscos de uma sociedade fragmentada em um país, no qual em breve, grande parte da população será representada pela melhor idade, deve-se desmistificar a imagem e o papel inequívocos do idoso na sociedade atual, buscando-se meios que proporcionem a inclusão social deste segmento. Desta forma o presente trabalho buscou identificar o perfil e as necessidades da melhor idade brasileira e analisar programas de iniciativas pública e privada destinados a esta faixa etária. Tais programas são baseados nos princípios do turismo social, que preconiza a inclusão de minorias pela prática do turismo e lazer, e a análise destes programas teve como objetivo demonstrar a relevância dos mesmos para a inclusão social da terceira idade. Através de pesquisas bibliográficas e entrevista, foi possível constatar a importância da criação e manutenção desses programas e os efeitos benéficos que os mesmos proporcionam, melhorando a qualidade de vida e promovendo a reintegração social dos idosos.
metadata.dc.description.abstractother: A continuous rise of the elderly worldwilde has been confirmed throughout the years. Brazil does not fall behind and according to the IBGE - Brazilian Institute of Estatistical Geography – has it as fact that in twenty years thirteen prcent, wich consists of aproximately thirty millions people, will belong to a higher age range.To avoid social division in a country that will soon have a great number of seniors, it is necessary to promote social activities and projects that bring together all age ranges, where younger generations are able to create a positive image of the elderly, eliminating prejudice and misconstrued information. Being so, the present research is set to identify the profile and needs of those belonging to this age group and analise public and private programs destined to them. Such programs are base on the principles of social tourism, wich focuses on the inclusions of minorities by promoting leisure and turistical activities, have benefial effects, improve the quality of life and are primary factor for the integration of the elderly and the rest of society.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1184
Appears in Collections:SGT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
82 - Bruna Guedes.pdf544.72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.