Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11968
Title: Armamento é Direitos Humanos: nossos fins, os meios e seus modos
Authors: Muniz, Jacqueline de Oliveira
Proença Júnior, Domício
Issue Date: Apr-2013
Citation: MUNIZ, Jacqueline de Oliveira; PROENCA JUNIOR, Domício. Armamento é Direitos Humanos: nossos fins, os meios e seus modos. Soc. estado., Brasília , v. 28, n. 1, p. 119-141, abr. 2013
metadata.dc.relation.ispartof: Sociedade e estado, Brasília, v. 28, n. 1, p. 119-141, abr. 2013
Abstract: A definição da capacidade coercitiva da polícia é a condição de possibilidade de sua instrumentalidade política para a defesa dos Direitos Humanos, bem como de sua governança. Após uma apresentação que consolida a teorização sobre o uso de força para a produção de obediências consentidas, apresentam-se três passagens históricas que correspondem aos momentos fundacionais das polícias modernas como ilustrações das alternativas de definição de tal capacidade, exemplificando diferentes formas de se conectar fins e meios, preferências políticas e especificidade de armamentos. As questões que essas exposições suscitam permitem apresentar duas considerações relevantes para o debate brasileiro sobre segurança pública: a tensão entre universalidade e localismo no instrumento policial, e a integralidade de fins e meios em duas instâncias em que o uso de força pode ter lugar – a defesa e a segurança pública.
metadata.dc.description.abstractother: The definition of the coercive capacity of the police is the condition of possibility for its political instrumentality as well as its governance. After a presentation that consolidates the theorization of the use of force for the production of consented obediences, the article presents three passages of foundational moments of modern police forces as illustrations of the alternative ways of defining that capability as examples of different ways of connecting ends and means, political preferences and weapons specifics. The issues that these bring about allow the presentation of two issues relevant to the brazilian debate on public security: the tension between universality and localism in the police instrument and the integral nature of ends and means in two instances which admit the possibility of the use of force – defense and public security.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/11968
Appears in Collections:NEPEAC - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
07.pdf298.33 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons