Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12077
Title: Gramáticas de Controle e Sensibilidades Jurídicas em Jogo: o papel do registro na reforma da polícia.
Other Titles: Grammars of control and Legal sensibilities in game: the register’s paper in reform of policy
Authors: Paes, Vivian Gilbert Ferreira
Issue Date: 2007
Citation: PAES, Vívian Ferreira. Gramáticas de Controle e Sensibilidades Jurídicas em Jogo: o papel do registro na reforma da polícia. Agenda Social. Revista do Programa de Políticas Sociais. Campos dos Goytacazes, UENF, v.1, n.1, jan-abr/2007
metadata.dc.relation.ispartof: Agenda Social: Revista do Programa de Políticas Sociais. Campos dos Goytacazes, UENF, v.1 n.1, jan-abr/2007
Abstract: Neste trabalho, tenho por foco de análise uma política pública dirigida a implementar uma nova forma de gestão dos produtos da Polícia Judiciária do Estado do Rio de Janeiro, chamada “Programa Delegacia Legal”. Em específico, objetivo analisar as formas de organização dos policiais com relação a uma reforma que visa governar a conduta dos policiais interferindo nos produtos do trabalho ao dispor informação. Se por um lado observo que as práticas das delegacias consolidam movimentos de criatividade situada pelas regras de registro, por outro, considero que os agentes relacionam-se de forma a manter a autonomia de dizer o direito como uma ética corporativa interna e disponível à instituição. Uma norma que visa preservar os agentes das formas de controle que também os tornam vulneráveis a punição.
metadata.dc.description.abstractother: In this work, I had focused the analysis of a public policy way, called “Programa Delegacia Legal”, directed to implement a form of a resource management of the Judiciary Police of Rio de Janeiro state. Specificly, I have the objective to study the forms of policemen's organization in relation to a reform that interferes on the results of their work as soon as it has the information. On one hand, I observe that the practice of the police stations consolidates movements of situated creativity by the rules of register, on the other; I observe that the agents become related of form to keep the autonomy to say the right as internal and available corporative ethics to the institution. Such norm aims to preserve the control form agents that become them vulnerable to punishment.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12077
Appears in Collections:NEPEAC - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Agenda_Social_4449_1189029803.pdf101.58 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons