Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1226
Title: Mapeamento dos serviços de saúde da rede assistencial do município de Nova Iguaçu - análise situacional
Authors: Oliveira, Roberto Santos de
metadata.dc.contributor.advisor: Andrade, Marilda
metadata.dc.contributor.members: Marques, Sergio Corrêa
Abrahão, Ana Lúcia
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Oliveira, Roberto Santos de. Mapeamento dos serviços de saúde da rede assistencial do município de Nova Iguaçu: análise situacional. 2010. 103 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial)-Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2010
Abstract: Estudo descritivo de abordagem qualitativa que realiza o diagnostico situacional da rede assistencial própria do Sistema Único de Saúde no município de Nova Iguaçu. Realiza o mapeamento das unidades de saúde, através de uma ferramenta conhecida como geo-referenciamento. O marco teórico se apoia nas concepções de Cecílio, Merhy, Bodstein, Hartz, Mendes, Buss entre outros; encontra suporte metodologico em Minayo e analisa os resultados a partir das concepções de Levefre sobre o discurso do sujeito coletivo. Como resultados, foram mapeadas 72 Unidades de Saúde: sendo 01 Hospital Geral, 01 Centro de Referencia Materno Infantil, 03 Unidades Mistas, 03 Centros de Atenção Psico-Social, 02 Policlínicas, 01 Centro de Saúde, 01 Posto de Saúde, 24 Unidades Básicas de Saúde, 33 Equipes de Saúde da Família e 03 Unidades da Família. A organização segue os principios estabelecidos pelo Sistema de Saúde, Nova Iguaçu operacionaliza suas ações de saúde principalmente na atenção básica, através da estratégia de saúde da família. Quando confrontamos os resultados encontrados com os parâmetros legais de cobertura assistencial, constatamos que a realidade ainda está aquém do ideal; apesar deste fato, ao situar o município dentro do Estado do Rio de Janeiro, lançando mão de estratégias de avaliação como o Indice de Desenvolvimento Humano, encontramos um crescimento, modesto mas equilibrado entre Estado e União, destacando Nova Iguaçu, através do indicador: Expectativa de vida, que recebe reflexos da assistência prestada à saúde. Conclui identificando o espaçamento geográfico da rede própria, e um esboço da área de cobertura das unidades; percebe-se que são necessárias estratégias de adequação, treinamentos e hierarquização da rede, para utilização da dinâmica de referências e contra-referências, atividades próprias do planejamento em saúde, que vem sendo desenvolvida também pela enfermeira, quando ocupa a posição de gestor. Como contribuição traz as informações coletadas na modalidade de um manual de localização para encaminhamentos entre as Unidades de saúde
metadata.dc.description.abstractother: A descriptive study of qualitative approach that performs the status diagnosis of the self care network of the Unified Health System in Nova Iguacu. Performs the mapping of health facilities through a tool known as geo-referencing. The theoretical framework is based on the conceptions of Cecilio, Merhy, Bodstein, Hartz, Mendes, Buss and others; finds methodological support in Minayo and analyzes the results starting from concepts of the Levefre on the collective subject discourse. The results were 72 mapped Health Units: 01 the General Hospital, 01 Center Reference Maternal and Child, 03 Mixed Units, 03 Centers for Psycho-Social Care, 02 Polyclinics, 01 Health Center, 01 Health Post, 24 Basic Units Health, 33 Family Health Teams and 03 Units of the Family. The organization follows the principles established by the Health System, Nova Iguaçu operationalized its health activities mainly in primary care through the strategy of family health. When we confront the results with the legal parameters of coverage, we find that the reality is still far from ideal, despite this fact, to be located within Rio de Janeiro county, making use of assessment strategies such as Development human Index, we found a modest growth well balanced between State and Union, highlighting Nova Iguaçu, by indicator: life expectancy, which receives reflections of health care provided. It concludes by identifying the geographic spacing of the health network itself, and an outline of the coverage area of the units, one realizes that strategies are needed to adapt, training and hierarchy of the network, to use the momentum of references and cross-references, activities characteristic of planning health, and that also is being developed by the nurse, when she occupies the position of manager. As a contribution, brings the information collected in the reference guide for tracking referrals between the health units
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1226
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Roberto Santos de Oliveira.pdf6.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.