Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12270
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorGarcez, Igor José de Jesus-
dc.contributor.authorRangel, Kíssila da Silva-
dc.date.accessioned2019-11-22T01:42:14Z-
dc.date.available2019-11-22T01:42:14Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationGARCEZ, Igor José de Jesus; RANGEL, Kíssila da Silva. O Lugar do Arquivo na Universidade: a Coordenação de Arquivos da Universidade Federal Fluminense e a Gestão de Documentos oriundos das atividades de ensino, pesquisa e extensão. In: ENCONTRO DE ARQUIVOS CIENTÍFICOS, 8., Rio de Janeiro, 2017. Anais... Rio de Janeiro: MAST, 2019, p. 120-129.pt_BR
dc.identifier.urihttps://app.uff.br/riuff/handle/1/12270-
dc.description.abstractNa última década (2006-2016), a gestão de documentos nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) foi impulsionada por dois fatores: concurso público para efetivação de arquivistas e a publicação do Código de Classificação e Tabela de Temporalidade e Destinação de Documentos de Arquivo relativos às Atividades-Fim das IFES. O mesmo período é marcado pelo Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), meio pelo qual as IFES obtiveram ganhos de infraestrutura física e de recursos humanos. Este Programa é uma das ações integrantes do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), em reconhecimento ao papel estratégico das universidades federais para o desenvolvimento econômico e social. Observa-se que por intermédio do REUNI, a Universidade Federal Fluminense (UFF) realizou três (3) concursos para o cargo de Arquivista, os direcionando para contextos isolados dos serviços de protocolo e arquivo da instituição, em decorrência da ausência de uma política arquivística e da fragmentação da gestão de documentos na universidade. Tais contextos, colidem com a dificuldade dos atores arquivísticos em implementar um Programa de Gestão de Documentos na UFF. O referido Programa assegura o cumprimento das fases da gestão de documentos, bem como qualifica a instituição a manter o controle de seus documentos desde a produção até a destinação final. No contexto da gestão de documentos do Poder Executivo Federal, destaca-se a partir de 2006, a constituição do Grupo de Trabalho, no âmbito do Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo (SIGA), da administração pública federal, denominado GT-IFES-AN, que reuniu doze instituições públicas de ensino superior, para a elaboração de um Código de Classificação e de uma Tabela de Temporalidade de documentos de Arquivo relativos às atividades-fim unificada para todas as IFES. Submetido à consulta pública, o instrumento foi aprovado e publicado em 2011. Nessa conjuntura, nota-se que houve investimento institucional, de diversas esferas, com o objetivo de promover a gestão de documentos nessas instituições. Contudo, desde a publicação dos instrumentos de gestão em 2011, observa-se que as transferências de documentos à Seção de Arquivo Intermediário da Coordenação de Arquivos da Universidade Federal Fluminense, em sua grande maioria não comtemplam os documentos oriundos de Ensino, Pesquisa e Extensão. Dessa forma, este estudo tem por objetivo reconhecer e evidenciar o lugar da Coordenação de Arquivos na gestão de documentos oriundos das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, com vistas a desenvolver estratégias para conscientização dos atores envolvidos na produção de documentos oriundos de atividades finalísticas da Universidade. A metodologia utilizada para o desenvolvimento desse estudo é a análise das Listagens de Transferência de Documentos encaminhadas à Coordenação de Arquivos (2015-2016), com o intuito de reconhecer a ausência de documentos oriundos das atividades-fim e entrevista com os um grupo de professores que desenvolvem pesquisa na Universidade, a fim de evidenciar qual o entendimento que existe do lugar do Arquivo na Universidade, bem como refletir a respeito dos limites entre a documentação privada e institucional. A partir deste estudo, são apresentadas estratégias para a mudança da cultura organizacional na Universidade e consequentemente identificam-se subsídios para a implantação de um Programa de Gestão de Documentos que envolva todos os níveis de produtores de documentos da UFF.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Igor Garcez (igorgarcez@gmail.com) on 2019-11-22T01:42:14Z No. of bitstreams: 1 O Lugar do Arquivo na Universidade_GARCEZ_RANGEL.pdf: 349400 bytes, checksum: adf738682194b607a601ee6689762878 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-11-22T01:42:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 O Lugar do Arquivo na Universidade_GARCEZ_RANGEL.pdf: 349400 bytes, checksum: adf738682194b607a601ee6689762878 (MD5) Previous issue date: 2019en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherMuseu de Astronomia e Ciências Afins - MASTpt_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.titleO Lugar do Arquivo na Universidade: a Coordenação de Arquivos da Universidade Federal Fluminense e a Gestão de Documentos oriundos das atividades de ensino, pesquisa e extensãopt_BR
dc.title.alternativeThe place of the Archive in the University: the Coordination of Archives of the Federal University of Fluminense and the records management originating from the activities of Teaching, Research and Extensionpt_BR
dc.typeAnais de Eventopt_BR
dc.description.versionSimpt_BR
dc.subject.keywordGestão de documentospt_BR
dc.subject.keywordUniversidade Federal Fluminensept_BR
dc.subject.keywordEnsinopt_BR
dc.subject.keywordPesquisapt_BR
dc.subject.keywordExtensãopt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal Fluminense. Superintendência de Documentação. Coordenação de Arquivos. Niterói, RJpt_BR
dc.subject.keywordotherRecords managementpt_BR
dc.subject.keywordotherFederal Fluminense Universitypt_BR
dc.subject.keywordotherTeachingpt_BR
dc.subject.keywordotherSearchpt_BR
dc.subject.keywordotherExtensionpt_BR
dc.description.abstractotherIn the last decade (2006-2016), the records management in the Federal Institutions of Higher Education (IFES) was driven by two factors: public tender for the accomplishment of archivists and the publication of the Classification and Timeliness Code and Archive of Activities-End of IFES. The same period is marked by the Federal University Restructuring and Expansion Plans Support Program (REUNI), through which the IFES obtained gains in physical infrastructure and human resources. This Program is one of the integral actions of the Education Development Plan (PDE), in recognition of the strategic role of federal universities for economic and social development. It is observed that, through REUNI, the Federal University of Fluminense (UFF) held three (3) competitions for the position of Archivist, directing them to isolated contexts of protocol and archive services of the institution, due to the absence of an archival policy And the fragmentation of records management at the university. Such contexts run counter to the difficulty of archival actors in implementing a Records Management Program at the UFF. The said Program ensures compliance with the records management phases, as well as qualifies the institution to maintain control of its documents from production to final destination. In the context of records management of the Federal Executive Branch, from 2006, the Working Group was set up within the scope of the Federal Public Administration's File Document Management System (SIGA), called GT-IFES- AN, which brought together twelve public institutions of higher education, for the elaboration of a Classification Code and a Temporary Table of Archive documents related to the unified activities for all IFES. Under the public consultation, the instrument was approved and published in 2011. At this juncture, it is noted that there was institutional investment, from several spheres, with the objective of promoting the records management in these institutions. However, since the publication of the management tools in 2011, it is observed that the transfer of documents to the File Archive Intermediate Section of the Federal University of Fluminense, most of them do not contemplate documents from Teaching, Research and Extension. Thus, this study aims to recognize and evidence the place of File Coordination in the records management from teaching, research and extension activities, with a view to developing strategies to raise awareness of the actors involved in the production of documents resulting from the final activities of the University. The methodology used for the development of this study is the analysis of the Document Transfer Listings sent to the Archives Coordination (2015-2016), in order to recognize the absence of documents originating from the end-activities and interview with a group of teachers Who develop research in the University, in order to highlight the understanding that exists of the place of the Archive in the University, as well as to reflect on the limits between the private and institutional documentation. From this study, strategies are presented for the change of the organizational culture in the University and consequently identification of subsidies for the implantation of a Program of Records Management that involves all the levels of producers of documents of the UFF.pt_BR
dc.identifier.vinculationTécnico Administrativopt_BR
dc.publisher.departmentNiteróipt_BR
Appears in Collections:SDC - Artigos de periódicos e Trabalhos apresentados em Eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O Lugar do Arquivo na Universidade_GARCEZ_RANGEL.pdf341.21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.