Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12287
Title: Manejo de águas pluviais urbanas – reservatório de detenção e considerações na bacia hidrográfica do rio Monjolo, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro/RJ
Authors: Page, Raphael Martins
metadata.dc.contributor.advisor: Fonseca, Paulo Luiz da
metadata.dc.contributor.members: Hora, Mônica de Aquino Galeano Massera da
Coelho, Fabio Gomes
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: PAGE, Raphael Martins. Manejo de águas pluviais urbanas – reservatório de detenção e considerações na bacia hidrográfica do rio Monjolo, zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro/RJ. 2018. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Recursos Hídricos e do Meio Ambiente) - Escola de Engenharia, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.
Abstract: Este trabalho propõe uma abordagem referente ao manejo de águas pluviais na bacia hidrográfica do Rio Monjolo, zona oeste do Rio de Janeiro/RJ, tendo em vista tratarse de área vulnerável a cheias, bem como minimizar os impactos advindos de eventos de precipitação na bacia do rio Guerenguê, já bastante consolidada. Elaborou-se estudo hidráulico da calha do rio Monjolo, entre o reservatório proposto e o desague no rio Guerenguê, considerando movimento permanente gradualmente variado, bem como o anteprojeto de um reservatório de detenção off-line aberto, com 14.000 m² de área total e 2,5 m de profundidade, com esgotamento por gravidade, para controle de enchentes na bacia, atenuando os picos de vazão em áreas a jusante, na bacia do rio Guerenguê. O hidrograma de projeto foi determinado pelo método do Soil Conservation Service (SCS), para o tempo de recorrência de 25 anos com duração crítica equivalente ao tempo de concentração da bacia. A vazão de pico obtida, para o tempo de recorrência avaliado, foi de 25.57 m³/s. O routing do reservatório, obtido através do Método Modificado de Puls, resultou no amortecimento do pico de vazão em 73.6% para um tempo de recorrência de 25 anos. Estas medidas estruturais foram projetadas com objetivo de controlar o deflúvio à jusante do reservatório, de modo a beneficiar a bacia do Rio Guerenguê.
metadata.dc.description.abstractother: This study aims to show an approach regarding to the pluvial water management of Monjolo River hydrographic basin, in the west zone of Rio de Janeiro/RJ, due to the vulnerability of this area to flood, looking for minimalize the precipitation impacts at Guerenguê basin, an issue plenty consolidated already an hydraulic study of the Monjolo River channel was elaborated between the proposed reservoir and the Guerenguê River drain, considering the permanent movement gradually varied and also the open off-line detention reservoir project, weth a 14.000 m² total area and a 2.5m depth, with breakdown by gravity, to control the floods at this basin, weakening the outflow peaks in the low tide areas at the Guerenguê River basin. The hydrograph project was determined by the Soil Conservation Service (SCS) method, using the recurrence time of 25 years with critical duration equal to the concentration time of the basin. The outflow peak obtained, to the evaluated recurrence time was 25.57 m³/s. The reservoir routing, obtained by the Puls Modificated Method, resulted in the deadening of the outflow peak in 73.6% for a recurrence time of 25 years. These structural measures were projected with the goal of controlling the reservoir low tide flowing, aiming to benefit the Guerenguê River Basin.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12287
Appears in Collections:TGH - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC-2.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.