Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12333
Title: Vivências de trabalhadores Offshore da região de Macaé/Rj analisadas sob o olhar da psicodinâmica do trabalho
Authors: Silva, Monique Rodrigues da
metadata.dc.contributor.advisor: Martins, Soraya Rodrigues
metadata.dc.contributor.members: Lima, Suzana Canez da Cruz
Lima, Patrícia Valle de Albuquerque
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Este estudo monográfico procura investigar as vivências de prazer e sofrimento no trabalho junto a trabalhadores do setor OffShore de Macaé–RJ, tendo como questão central: Quais os efeitos desse trabalho para a saúde desses trabalhadores? Como um trabalhador OffShore consegue preservar e manter um equilíbrio psíquico frente as características e constrangimentos de seu trabalho? Tem como base teórica estudos em Psicodinâmica do Trabalho (Dejours 2004, 2007, 2011; Mendes 2007) e outros estudos relacionados à saúde do trabalhador offshore (Figueiredo 2012) e (Alvarez, Figueiredo, Rotenberg, 2010) No que se refere à metodologia, essa pesquisa foi realizada dividindo-se em algumas etapas; Levantamento e pesquisa bibliográfica abrangendo os temas do estudo; Pesquisa de campo, com realização de entrevistas semi-estruturadas, utilizado um método qualitativo; Transcrição e análise de conteúdo das entrevistas, sob a ótica da Psicodinâmica do Trabalho. Todos os entrevistados assinaram um TCLE - Termo de consentimento livre e esclarecido. A análise e discussão dos dados coletado é apoiada na ANS (Mendes, 2007), organizados a partir de três eixos temáticos: organização do trabalho (prescrito e real), mobilização subjetiva e sofrimento, defesas e patologias (Mendes e Araujo, 2011). Entre os resultados é possível destacar: a) O controle do tempo o qual o trabalhador OffShore é submetido dentro e fora do trabalho; b) o exercício da inteligência prática para solucionar dificuldades e imprevistos do real do trabalho; c) Os participantes desta pesquisa não se encontravam adoecidos. d) A criação de várias estratégias para conquistar a cooperação, fundamentais para a realização da atividade; e) A importância de espaços de discussão, bem como as relações sócio-profissionais; f) O prazer e satisfação com o oficio OffShore. Por fim, essa pesquisa buscou se aproximar do cotidiano vivido a bordo de navios e plataformas por trabalhadores a partir de relatos íntegros
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12333
Appears in Collections:RPS - Trabalho de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_MONIQUE RODRIGUES DA SILVA.pdf964.39 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.