Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12388
Title: O índice de esforço inspiratório cronometrado como um previsor de desmame: análise da reprodutibilidade intra e inter observador
Authors: Silva Neto, Arthur Evangelista da
metadata.dc.contributor.advisor: Lugon, Jocemir Ronaldo
metadata.dc.contributor.advisorco: Souza, Leonardo Cordeiro de
metadata.dc.contributor.members: Cavalcanti, Ismar Lima
Graciano, Miguel Luis
Guimarães, Fernando Silva
Issue Date: 2019
Citation: SILVA NETO, Arthur Evangelista da. O índice de esforço inspiratório cronometrado como um previsor de desmame: análise da reprodutibilidade intra e inter observador. 2019. 47f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: Introdução: A ventilação mecânica (VM) é uma terapia essencial para insuficiência respiratória aguda. O desmame ventilatório deve iniciar-se quando as causas precipitantes do emprego da VM forem resolvidas. Um desmame inadequadamente lento expõe o paciente a desconforto, aumentando o risco de complicações e o custo do tratamento. Nesse cenário, índices que antecipam um desmame bem-sucedido são muito úteis. Objetivo: Avaliar a reprodutibilidade intra e inter observador do índice de esforço inspiratório cronometrado, TIE (do inglês, Timed inspiratory effort) como previsor de desmame ventilatório. Método: Este estudo observacional prospectivo incluiu pacientes julgados aptos para iniciar o desmame. Para a análise intra observador, o mesmo fisioterapeuta realizou duas medidas em cada paciente com intervalo de 30 min. Para a análise inter observador, duas medidas foram obtidas em outra amostra de pacientes, também com intervalo de 30 min, mas cada uma realizada agora por um fisioterapeuta diferente. O diagrama de Bland-Altman, o coeficiente de concordância de Kappa e o coeficiente de correlação de Pearson foram utilizados para comparar as medidas. O desempenho do índice TIE foi avaliado por curvas ROC. Valores de p <0,05 foram considerados significativos. Resultados: Foram selecionados 113 pacientes (43 do sexo masculino, idade média 77±14 anos), 56 (49,6%) obtiveram sucesso. O tempo médio de ventilação mecânica foi de 14,4±6,7 dias e o escore APACHE II foi de 18,9±5,5. Os diagramas de Bland Altman, abordando concordância intra e inter observadores, mostraram baixa variabilidade entre as medidas. Os valores dos coeficientes de concordância de Kappa foram 0,82 (0,68-0,95) e 0,80 (0,65-0,94), e dos coeficientes de correlação linear foram de 0,86 (0,77-0,91) e 0,89 (0,82-0,93) para as medidas intra e inter observadores, respectivamente. Os valores para AUC para cada par das medições intra e inter observadores foram de 0,96 ± 0,07 vs. 0,94 ± 0,07, P = 0,41 e 0,94 ± 0,05 vs. 0,90 ± 0,07, P = 0,14, respectivamente. Conclusão: A variabilidade dos valores do índice TIE por observadores intra e inter, mostrou uma reprodutibilidade muito alta, reforçando o índice como um previsor sensível, preciso e confiável quanto ao desmame da ventilação mecânica
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: A prolonged ventilatory weaning may expose the patient to unnecessary discomfort, increase the risk of complications, and raise the costs of hospital treatment. In this scenario, indexes that reliably predict a successful weaning can be helpful. Objective: To evaluate the intra and inter observer reproducibility of the timed inspiratory effort (TIE) index as a weaning predictor. Methods: This prospective observational study included patients judged as able to start weaning. For the intra observer analysis, the same investigator performed two measurements in each selected patient with an interval of thirty minutes. For inter observer analysis, two measurements were obtained in another sample of patients, also with an interval of thirty minutes, but each of one now performed by a different investigators. The Bland-Altman diagram, the coefficient concordance of Kappa, and the Pearson correlation coefficient were used to compare the measurements. The performance of the TIE index was assessed by ROC curves. P values<0.05 were considered significant. Results: Were selected 113 patients (43 male, mean age 77±14 years). Fifty-six (49.6%) achieved successful weaning. The mean duration of MV was 14.4±6.7 days. The Bland Altman diagrams addressing intra and inter observers agreement showed low variability between measurements. Values of the concordance coefficients of Kappa were 0.82 (0.68-0.95) and 0.80 (0.65-0.94), and of the linear correlation coefficients, 0.86 (0.77-0.91) and 0.89 (0.82-0.93) for the intra and inter observers measurements, respectively. The values for AUC for each pair of the intra and inter observers measurements were 0.96±0.07 vs. 0.94±0.07, P=0.41, and 0.94±0.05 vs. 0.90±0.07, P=0.14, respectively. Conclusion: The variability of the values of the TIE index by intra and inter observers, showed a very high reproducibility, reinforcing the index as a sensible, accurate and reliable outcome predictor as to weaning from mechanical ventilation
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12388
Appears in Collections:PPGCM - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação da Reprodutibilidade do Índice TIE.pdf821.69 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons