Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12460
Title: Correios: contratação de mão de obra terceirizada temporária ou abertura de novo concurso público, qual a opção mais eficiente?
Authors: Costa, Rodrigo Lage da
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Ana Claudia Pedrosa de
metadata.dc.contributor.advisorco: Estevez, Alejandra Luisa Magalhães
metadata.dc.contributor.members: Assis, Lúcia Maria de
Bubnoff, Sirlei Aparecida de Oliveira
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: COSTA, Rodrigo Lage da. Correios: contratação de mão de obra terceirizada temporária ou abertura de novo concurso público, qual a opção mais eficiente? 2018. 12f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração Pública)- Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: A atual forma de contratação no setor público brasileiro é através de concursos públicos, mas na prática a realidade é diferente. Continuadamente, devido à escassez de novos certames públicos, as empresas públicas optam pela contratação terceirizada temporária. Na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a situação não é oposta, pois também ocorre a prática de terceirizar a mão de obra ao invés da investidura de funcionários efetivos, perdendo assim, parte da qualidade na prestação dos serviços, devido à falta de treinamento adequado. Este relatório técnico possui o objetivo de analisar os procedimentos e técnicas adotadas na contratação e treinamento desse pessoal, assim como, elaborar ações que tornem os treinamentos mais eficientes. Na construção do plano de ação, foi utilizado primeiramente a ferramenta de qualidade diagrama de Ishikawa, e posteriormente a ferramenta 5W1H.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12460
Appears in Collections:APD - Trabalhos de Conclusão de Curso - Volta Redonda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodrigo Lage da Costa_RT.pdfRelatório técnico590.2 kBAdobe PDFView/Open
Termo de aprovação.pdfTermo de aprovação375.76 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons