Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12536
Title: A precarização enquanto estratégia de fechamento das escolas do campo: uma análise da infraestrutura de três escolas do Noroeste Fluminense
Authors: Rodrigues, Marcela Pereira Mendes
metadata.dc.contributor.advisor: Andrade, Francisca Marli Rodrigues de
metadata.dc.contributor.members: Lima, Silvio Cezar de Souza
Santos, Ramofly Bicalho dos
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Rodrigues, Marcela Pereira Mendes. A precarização enquanto estratégia de fechamento das escolas do campo: uma análise da infraestrutura de três escolas do Noroeste Fluminense. 2019. 36f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo)-Universidade Federal Fluminense, Instituto do Noroeste Fluminense de Educação Superior, Santo Antônio de Pádua, 2019.
Abstract: A Educação do Campo compreende grandes desafios no que concerne a efetivação de políticas públicas, na garantia do direito à educação dos povos do campo. Tais desafios perpassam por diversos aspectos, em especial, pela falta de infraestrutura das escolas do campo e das demais instituições públicas, voltadas à garantia dos direitos fundamentais básicos. Em função da ausência do Estado, da precarização das instituições públicas e dos interesses direcionados ao processo de esvaziamento do campo, essa pesquisa tem por objetivo apresentar a realidade de três escolas do campo do município de Santo Antônio de Pádua, região Noroeste Fluminense do Rio de Janeiro. Concretamente: Escola Alice do Amaral Peixoto, Escola Joao Neves Brum e Escola Anacleto Eccard Júnior, as duas últimas escolas foram fechadas no ano de 2017. A construção de nossas análises se voltou para as condições infraestruturais dessas escolas do campo e, portanto, o quanto esta pode interferir na qualidade da educação ofertada à população campesina. Logo, a pesquisa foi construída com base no enfoque qualitativo de caráter exploratório, a qual teve como aporte metodológico a observação-participante. As vivências nas escolas suscitaram dados que foram coletados no período de 2015-2019, os quais foram sistematizados em um diário de campo. Posteriormente, tais dados foram analisados com base nos referenciais teóricos da Educação do Campo; bem como, nos dispositivos legais que dispõem sobre aspectos infraestruturais das escolas do campo e demais políticas de educação. Enquanto resultados, evidenciamos a negligência do poder público no cumprimento dos padrões mínimos de infraestrutura dessas escolas e a precarização enquanto justificativa para uma política criminosa do fechamento de escolas do campo que abrange o contexto nacional.
metadata.dc.description.abstractother: Rural Education comprises major challenges regarding the implementation of public policies in guaranteeing the right to education of rural people. These challenges permeate several aspects, especially the lack of infrastructure of rural schools and other public institutions, aimed at guaranteeing basic fundamental rights. Due to the absence of the State, the precariousness of public institutions and the interests directed to the process of emptying the countryside, this research aims to present the reality of three rural schools in the municipality of Santo Antônio de Padua, Northwest Fluminense region of Rio de Janeiro. Specifically: Alice do Amaral Peixoto School, Joao Neves Brum School and Anacleto Eccard Junior School, the last two were closed in 2017. The construction of our analyzes turned to the infrastructural conditions of these rural schools and, therefore, how this may interfere with the quality of education offered to the peasant population. Therefore, the research was built based on the qualitative approach of exploratory character, which had as methodological support the participant observation. The experiences in schools gave rise to data that were collected from 2015-2019, which were systematized in a diary studies. Subsequently, these data were analyzed based on the theoretical references of Rural Education; as well as in the legal provisions that have on infrastructural aspects of rural schools and other education policies. As a result, we highlight the neglect of the government in offering the minimum infrastructure standards to these schools and the precariousness as justification for a criminal policy of closing rural schools that covers the national context.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12536
Appears in Collections:PEC - Trabalhos de Conclusão de Curso - Santo Antônio de Pádua

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Marcela P M Rodrigues.pdf929.38 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons