Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12537
Title: Telecuidado: uma estratégia para o autocuidado e qualidade de vida dos idosos com insuficiência cardíaca
Authors: Guerreiro, Maria Auxiliadora Ribeiro de Jesus
metadata.dc.contributor.advisor: Sá, Selma Petra Chaves
metadata.dc.contributor.members: Paes, Graciele Oroski
Flores, Paula Vanessa Peclat
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Guerreiro, Maria Auxiliadora Ribeiro de Jesus. Telecuidado: uma estratégia para o autocuidado e qualidade de vida dos idosos com insuficiência cardíaca. 86 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019
Abstract: Introdução: A insuficiência cardíaca é uma síndrome clínica de altíssima complexidade nos aspectos relacionados à fisiopatologia e à terapêutica. A implementação do telecuidado pelo enfermeiro é uma estratégia de grande importância para os idosos com insuficiência cardíaca; pois, propicia uma adesão melhor ao tratamento, o aperfeiçoamento do autocuidado e uma qualidade de vida melhor. Objetivo: Analisar a efetividade do telecuidado realizado pelo enfermeiro no autocuidado e na qualidade de vida dos idosos com Insuficiência Cardíaca (IC). Método: Estudo quase-experimental, seleção não-aleatorizada, aplicado aos idosos com IC, amostra foi composta por 35 participantes. O projeto foi aprovado sob Nº 01380518.2.0000.5243 e Nº01380518.2.3001.5259 após submissão aos Comitês de Ética e Pesquisa da Universidade Federal Fluminense e de um hospital universitário no município do Rio de Janeiro. O estudo foi desenvolvido através de consulta de enfermagem presencial e do telecuidado; este por sua vez, foi aplicado num intervalo semanal no primeiro mês e num intervalo quinzenal no segundo mês. Com a finalidade de atingir os desfechos propostos, dois enfermeiros coletaram os dados, através do instrumento de consulta de enfermagem, instrumento com fluxograma para avaliação da classificação funcional (NYHA), instrumento para avaliação do autocuidado (EHFScBS), instrumento de Minnesota para avaliação da qualidade de vida e do instrumento de telecuidado. Os dados foram avaliados através do software estatístico SPSS versão 24.0. A análise dos dados foi efetuada através de média, mediana, frequência, Teste T pareado, correlação de Pearson e Teste de Spearman. Resultados: O grupo foi composto por 35 idosos com IC que permaneceram no estudo até o final. A amostra foi caracterizada por idosos (NYHA I, II e III) e com FEVE <50% e > 50%, sendo que a maioria possui uma FEVE <50%. O estudo mostrou diferença entre as médias dos escores de autocuidado (p-valor=0,000; IC 95% 2,926 – 6,045) e Minnesota (p-v valor=0,000; IC 95% 6,688 – 14,455), antes e após as intervenções; sendo que, a média do escore final de ambas as escalas é menor que a média do escore inicial, indicando uma melhora dos escores. Demonstrou também uma correlação linear positiva e moderada (r = 0,34; p-valor=0,046) entre os escores de autocuidado e qualidade de vida após as intervenções. Conclusão: O telecuidado apresentou efeitos positivos nos escores de autocuidado e de qualidade de vida, devido à comparação entre as médias dos escores de autocuidado e qualidade de vida, evidenciando uma melhora após a intervenção. E, além disso, há uma correlação linear positiva e moderada entre os escores de autocuidado e qualidade de vida após as intervenções
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: Heart failure is a highly complex clinical syndrome in aspects related to pathophysiology and therapy. The implementation of telecare by nurses is a strategy of great importance for the elderly with heart failure; therefore, it provides better adherence to treatment, improved self-care and a better quality of life. Objective: Analyze the effectiveness of telecare performed by nurses in self-care and in the quality of life of elderly with heart failure.Method: A quasi-experimental study, non-randomized selection, applied to the elderly with HF, sample consisted of 35 participants. The project was approved under No. 01380518.2.0000.5243 and No. 01380518.2.3001.5259 after submission to the Ethics and Research Committees of the Fluminense Federal University and a university hospital in the city of Rio de Janeiro.The study was developed through face-to-face nursing consultation and telecare; this in turn was applied on a weekly interval in the first month and a biweekly interval in the second month. In order to achieve the proposed outcomes, two nurses collected the data through the nursing consultation instrument, a flowchart instrument to evaluate the outcome. functional classification (NYHA), self-care assessment tool (EHFScBS), Minnesota quality-of-life tool and telecare tool. Data were evaluated using SPSS version 24.0 statistical software. It was performed through mean, median, frequency, paired t test, Pearson correlation and Spearman test. Results: The group consisted of 35 elderly with HF who remained in the study until the end. The sample was characterized by elderly (NYHA I, II and III) and with LVEF <50% and> 50%, most of them with LVEF <50%. The study showed a difference between the mean self-care scores (p-value = 0.000; 95% CI 2.926 - 6.045) and Minnesota (p-value = 0.000; 95% CI 6.688 - 14.455), before and after the interventions, with The median final score of both scales is lower than the average of the initial score, indicating an improvement of the scores. It also demonstrated a positive and moderate linear correlation (r = 0.34; p-value = 0.046) between self-care scores and quality of life after interventions. Conclusion: The telecare showed positive effects on self-care and quality of life scores, due to the comparison between the mean self-care scores and quality of life, showing an improvement after the intervention. In addition, there is a positive and moderate linear correlation between self-care scores and quality of life after interventions
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12537
Appears in Collections:MPEA - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Auxiliadora Ribeiro de Jesus Guerreiro.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons