Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12552
Title: Reprodutibilidade do teste cardiopulmonar de taekwondo e proposta de sessões específicas de condicionamento cardiorrespiratório
Authors: Hausen, Matheus Reis
metadata.dc.contributor.advisor: Gurgel, Jonas Lírio
metadata.dc.contributor.members: Gurgel, Jonas Lírio
Soares, Pedro Paulo da Silva
Rodrigues, Gabriel Dias
Gonçalves, Thiago Rodrigues
Franchini, Emerson
Ferreira, Flávia Porto Melo
Issue Date: 2019
Citation: HAUSEN, Matheus Reis. Reprodutibilidade do teste cardiopulmonar de taekwondo e proposta de sessões específicas de condicionamento cardiorrespiratório. 2019. 135 f. Tese (Doutorado em Ciências Cardiovasculares) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019.
Abstract: Novos testes específicos foram propostos para a avaliação da aptidão cardiorrespiratória de atletas de taekwondo. Entre eles, o teste cardiopulmonar de taekwondo apresentou respostas fisiológicas superiores ao teste tradicional de corrida, entretanto sua reprodutibilidade ainda precisa ser verificada. Além disso, a utilização dos seus resultados para a prescrição individualizada do treinamento cardiorrespiratório específco ainda não foi explorada no taekwondo. Assim, o objetivo do presente estudo foi verificar a reprodutibilidade do teste cardiopulmonar de taekwondo (TcTKD) (estudo 1) e o potencial de prescrição de três sessões isocalóricas de exercícios (estudo 2). O estudo 1 foi composto por 11 atletas (20 ± 4 anos; 65,6 ± 7,7 kg de massa corporal; 175 ± 9 cm de estatura) e o estudo 2 foi composto por 12 atletas (21 ± 4 anos; 68,4 ± 12,3 kg de massa corporal; 177 ± 7 cm de estatura). Ambas as amostra foram compostas por indivíduos do sexo masculino, atletas de taekwondo com graduação mínima de faixa preta, participantes do circuito nacional oficial da modalidade (CBTKD-WT). Para o estudo 1, para a verificação da reprodutibilidade, três visitas foram realizadas para execução sucessiva do teste cardiopulmonar de taekwondo. Por sua vez, o estudo 2 foi constituído por quatro visitas. Na 1ª visita, foi realizado o teste cardiopulmonar de taekwondo para a determinação das variáveis máximas e submáximas. Nas três visitas restantes, foram realizados os protocolos de exercício em três intensidades distintas (abaixo do limiar ventilatório, acima do limiar ventilatório e na intensidade do ponto de compensação respiratória), em ordem randomizada contrabalanceada. O TcTKD apresentou uma reprodutibilidade de moderada a excelente nas respostas máximas (Coeficiente de correlação intraclasse [CCI] entre 0,79 e 0,99 e coeficiente de variação [CV] de 1 a 13%), do limiar ventilatório (CCI entre 0,77 e 0,92 e CV de 4 a 21%) e do ponto de compensação respiratória (CCI entre 0,20 e 0,99 e CV de 1 a 13%). Adicionalmente, o TcTKD permitiu prescrever três intensidades de treinamento individualizadas para condicionamento específico (com 66, 73 e 82 % do V̇O2PICO e 81, 87 e 93% da FCMAX) com um erro de estimativa aceitável (CCI entre 0,79 e 0,87 e erro padrão da estimativa de 4,2 a 13,5%). O estudo alcançou o objetivo de verificar a reprodutibilidade de um novo procedimento para avaliar a aptidão aeróbia de atletas de taekwondo e determinar sua utilidade para prescrever sessões específicas de treinamento em três intensidades distintas
metadata.dc.description.abstractother: New specific tests were proposed to the evaluation of the cardiorespiratory fitness of taekwondo athletes. Among them, the cardiopulmonary taekwondo exercise test presented higher physiological responses compared with the traditional running cardiopulmonary exercise test. However, its reproducibility still needs to be verified. In addition, the use of its results for individualized prescription of specific cardiopulmonary training has not yet been explored for taekwondo. Therefore, the aim of the present study is to verify the reproducibility of the taekwondo-specific cardiopulmonary exercise test (cTKDt) (study 1) and the potential of prescription of three isocaloric sessions of exercises (study 2). The study 1 comprised 11 athletes (age 20 ± 4 yrs; body mass 65.6 ± 7.7 kg; estature 175 ± 9 cm) and the study 2 was comprised 12 participants (age 21 ± 4 yrs; body mass 68.4 ± 12.3 kg; stature 177 ± 7 cm). Both samples comprised male participants, taekwondo athletes with black belt graduation at minimum, engaged in the official sport circuit. At the study 1, for reproducibility, the three visits were performed for successive execution of the taekwondo cardiopulmonary test. Study 2 was consisted of four visits. At the first visit, the cardiopulmonary Taekwondo test was performed to determine the maximum and submaximal variables. In the three remaining visits, the exercise protocols were performed in three distinct intensities (below the ventilatory threshold, above the ventilatory threshold and at the intensity of the respiratory compensation point), in a randomized counterbalanced order. cTKDt presented a moderate to excellent reproducibility in maximal (Intraclass Correlation Coefficient [ICC] between 0.79 and 0.99 and coefficient of variation [CV] of 1 to 13%), ventilatory threshold (ICC between 0.77 and 0.92 and CV from 4 to 21%), and respiratory compensation point responses (ICC between 0.20 and 0.99 and CV from 1 to 13%). In addition, cTKDt allowed to prescribe three individualized training intensities for specific conditioning (with 66, 73 and 82% of peak V̇O2 and 81, 87 and 93% of maximal HR) with an acceptable estimation error (ICC between 0.79 and 0.87 and a standard error of the estimate between 4.2 and 13.5%). The study reached its aim of verifying the reproducibility of a new procedure to evaluate the aerobic fitness of taekwondo athletes and to determine its usability to prescribing specific training sessions at three distinct intensities
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12552
Appears in Collections:PPGC-CV - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MATHEUS REIS HAUSEN TESE.pdf5.91 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons